Uncategorized

Não se pode fazer ‘WikiLeaks’ da história do Brasil, diz Sarney

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse nesta terça-feira, 14, que defende o sigilo apenas de documentos históricos do governo referentes à definição das fronteiras do país. Para ele, todos os demais registros da história recente do Brasil, incluindo os do período da ditadura militar e dos governos posteriores, inclusive o seu, devem ser abertos.

5 Comentários

  1. O imortal está advogando em causa própria, porque quer esconder aqueles anos desgraçados em que foi presidente. Foram os piores anos que já vivi. Pena que o povo tem memória curta. Tony

  2. Sir Ney deve estar com um medo enorme.
    Que será que ele sabe que ninguém mais deve saber ?
    Estou curioso …

  3. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    Este “cidadão”, é responsável pela anarqui total do governo Petista. O Estado do Maranhão é prova disso. Esta raposa velha é o próximo da lista dos Coronéis miseráveis que mantém o povo simples na coleira a troco de voto e esmola.

    por que temes a verdade Coronél. O povo precisa saber da verdade.

Comente