Uncategorized

Conselho de Política Cultural será criado no Paraná

A implantação do Conselho Estadual de Política Cultural, que estabelece objetivos e atribuições relacionadas à cultura do Estado, começa a ser debatido no Paraná. Esse é uma antiga reivindicação da comunidade e faz parte das metas de governo estabelecidas para esta gestão. A Secretaria de Estado da Cultura elaborou o texto de criação da proposta, que já está disponível para consulta pública no site da Seec e no blog www.procultura.wordpress.com. Serão realizadas cinco audiências públicas para que a sociedade possa opinar sobre o texto proposto.

Assim como funciona em outros Estados, o Conselho Estadual de Política Cultural do Paraná será um órgão colegiado integrante da estrutura organizacional básica da Seec e terá por finalidade a participação da sociedade civil na formulação de políticas públicas de cultura.

A criação do Conselho é a segunda etapa de um trabalho iniciado com a proposta de implantação do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice), e que será completado com a elaboração do Plano Estadual da Cultura. Essas estruturas são fundamentais para que o Paraná tenha as condições mínimas necessárias para integrar o Sistema Nacional de Cultura. “Com a aprovação dessas leis, podemos consolidar o Sistema Estadual da Cultura e assim estar em sintonia com a realidade nacional”, explica o secretário Paulino Viapiana.

A exemplo do que foi feito com a proposta de criação do Profice, a minuta do projeto de lei do Conselho também será debatida em audiências públicas que ocorrem de 18 a 22 de julho, em cinco cidades do Paraná: Irati, Medianeira, Cianorte, Cornélio Procópio e Curitiba. “Esperamos contar com a ampla participação dos paranaenses na formulação desta lei, como tivemos no debate do Profice. O conselho constitui um modelo de gestão moderno e democrático, que envolve a sociedade na orientação das ações para o desenvolvimento cultural do Estado”, afirma Viapiana.

Comente