Uncategorized

PT propõe dízimo de verba parlamentar

Da Folha Online

O PT na Câmara apresentou proposta para que os deputados repassem mensalmente parte de sua verba parlamentar, o chamado “cotão”, para as lideranças partidárias, informa reportagem de Maria Clara Cabral, publicada na edição desta terça-feira da Folha.

O objetivo é “criar uma cota destinada ao atendimento das despesas de interesse coletivo da bancada”.

O repasse teria o limite máximo de 10% do chamado cotão –dinheiro destinado a custear gastos vinculados ao exercício do mandato.

O chamado “cotão” foi implementado pela Câmara em 2009 como uma das medidas da reforma administrativa depois que a Casa enfrentou denúncias de abuso no uso da cota de passagens e irregularidades no uso da chamada verba indenizatória.

O valor unifica numa única verba os benefícios pagos aos parlamentares para despesas com passagens aéreas, correio, telefones, além da chamada verba indenizatória (manutenção de escritórios nos Estados).

7 Comentários

  1. Aí é o reconhecimento oficial que as verbas indenizatórias não são para indenizar, e sim salário paralelo.
    Em miúdos, peculato.

  2. Acho muito justo que o repasse se dê para os Diretórios dos Partidos. Isso não deve se restrigir ao PT. Todos tem custos a cobrir. Se o cara tem um mandato em que a legenda o elegeu, tem de dar sua contribuição pelo coletivo sim…

Comente