Uncategorized

Romanelli reassume mandato de deputado

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB) reassumiu seu mandato de deputado. Deve se manter no posto até ser concluído o processo de eleição de conselheiro do Tribunal de Contas.

A oitiva dos candidatos provocou cenas pitorescas. O candidato Tarso Cabral Violin estava mais preocupado em pregar o impedimento de outros candidatos do que promover a própria candidatura. Violin chegou a ser advertido pelo presidente da Assembleia, Valdir Rossoni, que o acusou de estar “faltando com a verdade” quando alegou não ter tido acesso a documentos sobre o processo de eleição de conselheiro.

O coronel Anselmo José de Oliveira, fez uma longa profissão de fé contra o nepotismo. Anselmo é ligado ao ex-governador Roberto Requião desde 1990. Sua aversão ao nepotismo parece ser resultado de uma conversão recente.

13 Comentários

  1. Não seria falta de decoro parlamentar o ora deputado voltar a deputância manifestamente para atender uma designação personalíssima do governante de ocasião interessado na votação da vaga vitalícia para conselheiro do tribunal de contas ?

    Se o voto é secreto por certo o voto desse parlamentar já está revelado.

    Há hoje decoro parlamentar que iniba trajetórias desse tipo ?

    Há hoje probidade administrativa que iniba designações desse tipo ?

    Até quando a sociedade paranaense vai tolerar manobras desse tipo ?

  2. O Anselmo fazendo criticas ao nepotismo??? Kkkkkkkkk a Sogra era assessora do Requiao. A mulher e cunhadas são fantasmas na ALEP.

  3. Realmente é muito importante ele votar no Bonilha, pois o mesmo é preparado para analisar contas do estado e municípios, é contador, não é político.
    Tem ilibada experiência técnica, vai decidir em cima do que a boa técnica manda.
    Parabéns Paranazinho pelos governantes que tem e que amordaçaram o TCE/PR. Aproveito também para agradecer o esforço do Conselho Regional de Contabilidade que não faz nada pra um contador ser conselheiro deste tribunalzinho “de faz” de contas.

  4. Esse cara não seria nada sem o Requião e agora trai.
    Parece o Greca que traiu quem o criou, o Lerner!

  5. Nossa quem lembra do Romanelli quando era lider da oposição no governo Lerner combatendo os caras agora ve ele do lado tem vergonha de lembrar que um dia votou num cara desce, como politica é suja lado é uma coisa que os caras não conhece mesmo.

  6. Esse Anselmo fez coisas piores dentro da PM, promoveu quem não podia ( seus amigos inclusive criou a ( famosa lei Anselmo ) foi promovido a toque de caixa pelo Reiquião e agora vem com essa conversa é o fim tome vergonha Anselminho

  7. Comportamento de político é assim mesmo: vira-casaca. Agora é esperar para ver quanto tempo vai durar a dita “amizade” com o atual governador..

Comente