Uncategorized

Alfredo Nascimento deixa o Ministério dos Transportes

da Folha.com

O ministro Alfredo Nascimento (Transportes) não resistiu às acusações de superfaturamento de obras e recebimento de propina envolvendo servidores e órgãos ligados à pasta e pediu demissão do cargo nesta quarta-feira.

As suspeitas de corrupção no Ministério dos Transportes começaram após reportagem da revista “Veja” afirmando haver participação da cúpula do ministério em irregularidades. O caso ganhou repercussão e a presidente Dilma pediu que o CGU (Controladoria-Geral da União) investigasse as acusações.

Hoje, Nascimento afirmou em nota que não foi informado sobre as investigações do Ministério Público Federal sobre seu filho. A empresa de Pereira teria tido crescimento de 86.500% em dois anos, de acordo com o jornal “O Globo”. O ministro disse que está à disposição do Ministério Público para prestar qualquer esclarecimento.

Leia a íntegra da nota do ministério:

“O ministro de Estado dos Transportes, senador Alfredo Nascimento, decidiu deixar o governo. Há pouco, ele encaminhou à presidenta Dilma Rousseff seu pedido de demissão em caráter irrevogável.

Com a determinação de colaborar espontaneamente para o esclarecimento cabal das suspeitas levantadas em torno da atuação do Ministério dos Transportes, Alfredo Nascimento também decidiu encaminhar requerimento à Procuradoria-Geral da República pedindo a abertura de investigação e autorizando a quebra dos seus sigilos bancário e fiscal. O senador está à disposição da PGR para prestar a colaboração que for necessária à elucidação dos fatos.

Alfredo Nascimento reassumirá sua cadeira no Senado Federal e a presidência nacional do Partido da República (PR) coloca-se à disposição de seus pares para participar ativa e pessoalmente de quaisquer procedimentos investigativos que venham a ser deflagrados naquela Casa para elucidar os fatos em tela.”

6 Comentários

  1. Pô, esse Alfredão derrapou bonito na curva, entrou na caixa de brita, quebrou o muro e pode ir parar na gaiola !!!

  2. Sai o companheiro de pescaria de lula e entra o companheiro de cachaça de lula. Os amigos do lulu são todos dessa estirpe, gente “fina”. E assim caminha o governo do PT e asseclas.

  3. 86.500% em 2 anos? Por acaso o filho do lula é sócio? Acho que não, esses caras não gostam de dividir a grana do roubo.

  4. Tudo igual. Não muda nada nesta política maravilhosa do nosso país.
    Demite-se um político indicado por um partido, descobre-se que era
    “ficha suja” e logo demite. E o vestibular para ocupar um cargo tão im-
    portante ? Antes de nomear veja a certidão “negativa” do cara !!
    O pior é que vai falta ocupante do cargo …

  5. A mafia do setor público dos transportes é muito poderosa, tanto no governo federal quanto no estadual, as empreiteiras são sempre as mesmas, esses que cairam agora são só um pelinho neste carpezão felpudo, dá quase para comparar essa máfia com a dos sindicatos, quer ver caboclo ladrão vá num sindicato, esse mundão está podre mesmo.

  6. JULIO CESAR DE SISTI Reply

    Esse cara, para não chamar de coisa pior, nem deveria ter sido escolhido para o cargo, pois em Manaus sua reputação é mais suja do que pau de galinheiro, mas acho que isso deve ser um dos critérios do PT para escolher os “companheiros” de governo!!!

Comente