Uncategorized

Servidores da UFPR estão em greve


Técnico-administrativos do setor de contabilidade e finanças da UFPR aderiram à greve na quarta-feira. A biblioteca do setor de Ciências Humanas, Letras e Artes também foi fechada na quarta

de Fernanda Leitóles, Vitor Geron e Fernanda Trisotto da Gazeta do Povo

Servidores técnico-administrativos do setor de contabilidade e finanças da Universidade Federal do Paraná (UFPR) entraram em greve ontem (6) e por isso os pagamentos de obras, serviços contratados pela instituição e licitações foram suspensos. A biblioteca do setor de Ciências Humanas, Letras e Artes também foi fechada na quarta-feira.

Uma reunião entre os grevistas e o reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, foi marcada para a próxima segunda-feira (11), por volta das 16h30. A assessoria de imprensa da UFPR não confirmava a reunião por volta das 12h30 desta quinta-feira (7).

Os servidores da Universidade Federal do Paraná, do Hospital de Clínicas e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) decidiram entrar em greve por tempo indeterminado em 15 de junho.



Possibilidade de fim da greve

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau Público de Curitiba, Região Metropolitana e Litoral do Estado do Paraná (Sinditest-PR) informou que o governo federal enviou uma proposta na terça-feira (5) para que as negociações fossem retomadas. Para isso ocorrer, a greve teria de ser encerrada.

O Comando Nacional de Greve irá se reunir na próxima quarta-feira (13) e as bases irão decidir se a greve será encerrada ou não. O sindicato do Paraná é contra o encerramento da paralisação, mas terá de acatar a decisão da maioria.

Comente