Uncategorized

Prefeito de Cascavel cria comissão para investigar compra de uniformes

MP investiga se houve superfaturamento e favorecimento na licitação.
Bueno disse que não sabe onde é a fábrica dos tênis e quer descobrir.

Do G1 PR, com informações da RPC TV Cascavel

O prefeito de Cascavel, Edgar Bueno, se manifestou, na manhã desta sexta-feira (8), sobre as denúncias de irregularidades que envolvem a compra de uniformes para alunos da rede municipal de ensino. O Ministério Público investiga se houve superfaturamento e favorecimento na licitação.

De acordo com o prefeito, uma comissão foi criada para investigar como foi elaborada a licitação e compra dos uniformes escolares. Depois de analisar o laudo de qualidade enviado pela empresa vencedora da licitação, a equipe deve fazer uma contra prova em um outro laboratório, para comparar os dois resultados.

“Nem todos aqueles que vendem, fabricam. Por exemplo, nós fizemos aqui uma licitação de frango, para compra de frango e ninguém fabrica frango. A empresa compra para revender. Então é possível, eu não sei. A comissão está autorizada e recomendada para descobrir onde é a fábrica do tênis. Isso é também uma coisa que nós vamos querer saber”, disse Edgar Bueno.

A comissão tem um mês para concluir a investigação. Uma CPI na Câmara de vereadores também investiga o caso.

2 Comentários

  1. O Prefeito faltou com o respeito para com o Vereador Julio Cesar que denunciou o caso, mas a casa caiu.
    O Prefeito não fala a verdade e isto é ruim pois o povo não acredita mais no que ele fala.
    Cascavel esta em péssimas mãos me arependo em ter votado no Edgar.
    Nunca mais voterei neste cidadão que esta deixando a desejar.

  2. Vlemainski-Cascavel Responder

    É de lamentar que o prefeito, ao invés de gastar seu tempo administrando o município tenha que gastá-lo dando explicações a atos supostamente incorretos. Isso prejudica substancialmente a sua reeleição visto que, por estatística, nenhum prefeito de Cascavel reelegeu-se na posse do mandato. Cascavel, por certo deverá ter mais de 200 mil eleitores, e, portanto, segundo turno, o que poderá dificultar ainda mais. Também, é quase consenso entre os eleitores o desejo de não reeleger candidato ao executivo. O tempo dirá…

Comente