Uncategorized

Ricardo Barros registra chapa forte para concorrer à FIEP

“Consolidamos uma chapa de oposição forte, formada por ótimos nomes e com representação de todas as cadeias produtivas e regiões do Estado. Estamos animados e confiantes na renovação da representação industrial do Paraná”, disse Barros ao entregar a documentação na sede da FIEP, em Curitiba

Com a adesão de 45 sindicatos diferentes a chapa Nova Fiep liderada por Ricardo Barros foi registrada para concorrer às eleições da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). A chapa reúne o grupo de oposição à administração de Rocha Loures e foi registrada no final da tarde desta sexta-feira (8).

“Consolidamos uma chapa forte, formada por ótimos nomes e com representação de todas as cadeias produtivas e regiões do Estado. Estamos animados e confiantes na renovação da representação industrial do Paraná”, disse Barros.

Ao entregar a documentação na sede da FIEP em Curitiba, Barros lembrou que a chapa foi constituída em três dias. “A representação que conseguimos nesse curto período comprova que há um grupo de oposição muito forte e consolidado em todo o Paraná”.

CONSENSO – Até o último momento Ricardo Barros buscou o consenso com objetivo de evitar o bate-chapa. No meio da tarde desta sexta, ele telefonou, encaminhou, mensagens de texto e e-mails para representantes da chapa de situação propondo a união dos dois grupos. A proposta não foi aceita.

“Desde o início desse processo sempre procurei o consenso pelo bem da Fiep. Como isso não foi possível vamos disputar as eleições com uma chapa muito forte”, afirmou.

As eleições da Federação reúnem um colégio eleitoral formado por 99 sindicatos e estão marcadas para acontecer no dia 3 de Agosto.

PROPOSTAS – Ricardo Barros reafirmou também o compromisso de focar a sua gestão nas demandas da indústria e no aumento da competitividade do setor.

Segundo ele, o foco vai ser nas principais demandas da Indústria e no fortalecimento dos sindicatos. “Vamos trabalhar com qualificação profissional, inovação, excelência na gestão”, enumerou.

Barros ressaltou ainda o interesse de usar a sua experiência, adquirida ao longo dos mais de 20 anos de vida pública, para trabalhar em soluções para dificuldades e problemas do setor como: legislação trabalhista, incentivos fiscais, câmbio, políticas de crédito e de juros e a proteção contra as importações como os problemas mais acentuados enfrentados pelo setor.

“Os problemas que de fato afetam a indústria são de ordem política. Quero usar a minha experiência e o meu trânsito em Brasília e no Paraná para ajudar a indústria do Paraná”, reafirmou o candidato da chapa Nova Fiep.

4 Comentários

  1. É por ai mesmo Ricardo, parabéns e sucesso, competência e dinamismo é o que não falta, você não só vence a eleição como também o desafio de fazer as mudanças e transformações que a Fiep esta precisando, com você o Paraná é que sai ganhando.

  2. bah…assim a credibilidade do blog vai por agua abaixo…essa parada obsessiva com a eleiçao do ricardo barros não faz bem aos leitores…

  3. É UMA PENA EU NÃO VOTAR NESTA ELEIÇÃO DA FIEP, SE FOSSE PERMITIDO, O MEU VOTO SERIA PARA RICARDO BARROS, O MAIS SÉRIO, O MAIS COMPETENTE E O QUE MELHOR ADMINISTRARIA ESTA FEDERAÇÃO CANSADA DOS VÍCIOS RODRIQUIANISTAS.

Comente