Uncategorized

Problemas com TCU podem derrubar chapa
de Rocha Loures

Irregularidades levantadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) colocam em risco as candidaturas de Edson Campagnolo, Carlos Walter e Rodrigo Rocha Loures nas eleições da FIEP. O Sindicato da Construção Civil do Noroeste pediu as impugnações dos nomes pela não aprovação das contas do SESI e SENAI nos anos de 2004 e 2006.

A direção da FIEP emitiu nota para contestar a impugnação:

Em relação ao pedido de impugnação de uma das chapas inscritas em seu processo eleitoral, a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) vem a público esclarecer:

– Os trâmites de aprovação das contas do Sesi e do Senai obedecem a uma dinâmica própria, que nada tem a ver com o processo eleitoral da entidade, o qual é regulado pelo estatuto da Federação e pelo regulamento eleitoral;

– Nos períodos apontados, Edson Campagnolo e Carlos Walter não atuavam como presidentes dos Conselhos do Sesi e do Senai;

– Edson Campagnolo não participou de campanha publicitária da Federação. As ações do Sistema Fiep, divulgadas por meio de sua assessoria de imprensa, têm diversos porta-vozes além do presidente da entidade: vários vice-presidentes e executivos das casas.

– O estatuto da Federação estabelece que o presidente pode designar livremente quais dos vice-presidentes devem representá-lo nos diversos eventos ou outros compromissos da Fiep ao qual não pode comparecer, não havendo nisso qualquer irregularidade.

4 Comentários

  1. Está caindo o nível desta eleição privada da FIEP. O melhor é cada macaco ficar no seu galho. Empresário é empresário. Político profissional é político profissional. E é melhor que assim continue sendo!

  2. quem visitou e escutou e tem o total apoio da maioria dos presidentes de sindicatos é o empresario Campagnolo, sera eleito e ponto final.

  3. ME CONTARAM ……………. EXISTE 700 PESSOAS

    QUE PRESTAM SERVIÇO AO ROCHA LOURES….
    .PAGOS PELA FIEP

    SERÁ VERDADE?????????????

    DEPUTADO….DEPUTADO

    QUE COISA FEIA……………….

    COISAS PADRÃO EDUARDO REQUIÃO NÉ

Comente