Uncategorized

Assembleia oferece R$ 320 mil por mês para produção da TV Sinal

do Rogerio Galindo do Caixa Zero

A Assembleia Legislativa acaba de lançar o edital para contratar a empresa que será responsável por produzir a programação da TV Sinal.

Quem ganhar o edital receberá R$ 320 mil por mês para fazer os programas. Hoje, a GW faz o serviço por um valor mais alto: R$ 360 mil.

O contrato já foi de R$ 387 mil e cogitou-se subir o preço para R$ 430 mil mensais, mas a Assembleia, talvez em razão dos escândalos do ano passado, anda querendo economizar, e negou a ideia de aumentar custos.

Os envelopes serão abertos no dia 16 de agosto.

3 Comentários

  1. Antonio Carlos de Andrade Responder

    Tá, mas quem vai ganhar será a mesma GW…
    Veja que curioso: A sigla GW vem dos nomes dos principais donos da produtora, LUIZ GONZALES e WOILE GUIMARÃES – jornalista conceituado e ex-funcionário da TV GLOBO DE SP. A produtora cresceu muito depois de começar a produzir programas para campanhas políticas do PSDB desde a época MONTORO (MDB)… Nos seus quadros atuais há uma redação com vários jornalistas, a maioria ex-subordinados de WOILE na televisão. A GW abriu seu capital social e hoje é uma S/A, onde a maioria de seus colaboradores jornalistas também são sócios da produtora…

  2. João Antonio - CASCAVEL Responder

    O importante para a empresa que ganhar será a QUALIDADE dos programas, hoje deixa muito a desejar. Muito RUIM.

Comente