Uncategorized

Sciarra critica violência com os “brasiguaios”

O deputado federal Eduardo Sciarra manifestou solidariedade aos cerca de 300 mil “brasiguaios” que residem no Paraguai, em sua maioria agricultores que vivem sob ameaças de desapropriação, sob o pretexto de duplicidade das titulações de terras, e de invasões por sem-terra. “A situação está atingindo níveis insuportáveis de violência e de injustiça contra estes brasileiros”, disse.

“Era de se esperar que o governo paraguaio fosse mais ativo e cumprisse o compromisso assumido com a presidente Dilma em sua recente visita a Assunção com relação aos brasiguaios. Por outro lado, o governo brasileiro não pode abandonar estes brasileiros, mas agir com serenidade e firmeza exigindo do Paraguai o imediato cumprimento do que foi acertado”, avaliou Sciarra.

Na quarta-feira, os produtores colocaram 5 mil máquinas agrícolas nas estradas de três estados do país vizinho como forma de chamar a atenção dos dois governos.

O deputado Sciarra avalia, juntamente com as Comissões de Relações Exteriores e de Agricultura, quais as medidas a Câmara dos Deputados deverá propor para solucionar de vez a crise entre os agricultores brasileiros e os sem-terra paraguaios, inclusive a de verificar in loco a situação e de instar o governo brasileiro a exigir do Paraguai o cumprimento do que foi acertado. “Além das invasões, os brasiguaios estão sofrendo desapropriações autorizadas pela Justiça com base em alegada duplicidade dos títulos de terras”, destacou.

Comente