Uncategorized

Diário Oficial confirma demissão de 14º nos Transportes

E mais um assessor do Ministérios dos Transportes cai. O demitido da vez é Eduardo Lopes. No total, já foram afastadas 14 pessoas por conta das denúncias de corrupção na pasta.

Ontem foram demitidos quatro funcionários do ministério e dois do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Do ministério foram exonerados José Osmar Monte Rocha, Estevam Pedrosa, Darcy Michiles e Maria das Graças de Almeida. Caíram no Dnit Luiz Cláudio dos Santos Varejão, coordenador-geral de Operações Rodoviárias, e Mauro Sérgio Fatureto, coordenador de Administração-Geral.

Há de se concordar com os trocadilhos de José Simão. Se continuar essa onda de demissões, o Dnit deve mudar de nome para “Demite”. E o Brasil vai fica à pé.

3 Comentários

  1. Parreiras Rodrigues Responder

    Quando algum figurão da Ditadura estava para cair, no Pasquim a gente lia: O caminhão da (empresa de mudanças) ronda a esplanada dos ministérios.
    Um frota, então ruma para lá.

  2. Dilma , se quiser governar terá que acabar com os aloprados que Lula colocou no governo. Enquanto a gangue dele estiver no poder será mensalinhos e mensalões em benefício próprio e não do povo.

  3. Mas o negocio não podia dar certo mesmo. Olha o nome das figuras: Pagot, Varejão, Fatureto… Parece elenco de comédia pastelão. Daqui a pouco aparece Suborneto, Propinato, Esquemasso… Assim não dá!

Comente