Uncategorized

“Renovação na FIEP só com mudança no comando ”, diz Barros

A verdadeira renovação no Sistema FIEP passa, obrigatoriamente, pela renovação do comando da entidade. Essa foi a tônica dos discursos de Ricardo Barros, candidato da chapa Nova FIEP, em reuniões com sindicatos e industriais, na quinta-feira (21), em Ponta Grossa e Londrina.

“A renovação tão desejada pelos sindicatos e pelos industriais do Paraná só vai ocorrer com a mudança no comando da entidade”, afirmou Ricardo Barros. “Vamos trabalhar juntos para produzir resultados efetivos para a indústria”, completou.


Barros reforçou o compromisso de compartilhar a gestão da entidade, abrindo espaço para que os sindicatos indiquem diretores e coordenadores que orientem a administração da FIEP, SESI, SENAI e IEL. “A FIEP tem que estar mais próxima dos sindicatos e dos verdadeiros interesses dos industriais”.

Nos encontros foram apresentadas e debatidas as principais propostas da Nova FIEP, entre elas: a reforma do estatuto, impedir o uso político partidário da Federação, cursos de qualificação que atendam a demanda dos sindicatos e realizados mais próximos das empresas e dos distritos industriais. “A cada reunião complementamos nossas proposta com boas sugestões de industriais de todo o Estado”, explicou Barros.

VOTOS – Ricardo Barros também aproveitou os encontros para apresentar a análise das duas chapas que mostra que há, no mínimo, 30 votos em disputa.

Dos 99 sindicatos, que compõe o colégio eleitoral da Federação, 38 estão com nomes somente na chapa da situação, mesmo com o seu candidato em campanha há 7 meses. Outros 31 participam estão apenas na Nova FIEP, “isso que montamos a nossa chapa em apenas 3 dias”, lembrou Barros.

Há ainda 11 sindicatos com industriais nas duas chapas e 19 sindicatos que não indicaram nomes para nenhum dos lados. “No mínimo temos 30 votos em disputa”, frisou Ricardo Barros.

5 Comentários

  1. Então tchau para a turma que está no comando atual, sr. Ernesto! E boas vindas para o Ricardo!

Comente