Uncategorized

Governador em exercício confirma centro paraolímpico em SJP

São José dos Pinhais vai abrigar o maior núcleo de treinamento de esportes paraolímpicos da América Latina. A viabilização do projeto do Centro de Excelência de Treinamento Esportivo e Paradesportivo foi oficializada na manhã desta terça-feira (22) pelo governador em exercício Flávio Arns e pelo secretário estadual de Esportes, Evandro Rogério Roman, junto com o secretário de Esporte e Lazer de São José dos Pinhais, Cláudio Padilha.

O projeto prevê investimento de R$48 milhões no Centro e instalações para a prática de 24 modalidades paradesportivas. Além de oferecer equipamentos e instalações adequados à prática de atividades físicas e desportivas voltados a atletas convencionais e a pessoas com todos os tipos de deficiência, o local também poderá ser usado para atividades de esportistas sem deficiência. A Prefeitura de São José dos Pinhais destinou uma área de 93 mil metros quadrados junto ao Contorno Leste para a construção do Centro.

Para o secretário municipal Cláudio Padilha, a construção do Centro será fundamental para os importantes eventos esportivos que serão sediados no país em breve. “Será um centro de referência, que dará todo o suporte para as Paraolimpíadas e também para as Olimpíadas de 2016″.

O governador em exercício Flávio Arns e o secretário estadual de Esportes, Evandro Rogério Roman, assinaram nesta sexta-feira um decreto para a reestruturação do Comitê Executivo Estadual e Paradesportivo, que tem como objetivo encaminhar o projeto e a implantação do Centro, e outras ações decorrentes. O Comitê será formado por 14 representantes, entre eles o secretário municipal Cláudio Padilha.

“Além de ser uma oportunidade de fazer a inserção social das pessoas com deficiência, o Centro será importante para o desenvolvimento de São José dos Pinhais, pois irá aumentar o potencial turístico, hoteleiro e comercial do município”, destaca o prefeito Ivan Rodrigues.

Uma das razões do Centro ser implantado em São José dos Pinhais é a facilidade de acesso em virtude do Aeroporto Internacional Afonso Pena. “Existem vôos chegando de e saindo para todas as regiões do Brasil frequentemente”, explica Padilha.

Comente