Uncategorized

Sorteio das Eliminatórias foi palco de protestos e desconfianças

De Ana Luiza Mikos da Gazeta do Povo

A mais cara cerimônia de sorteio já realizada para definir as Eliminatórias deu neste sábado (30) a largada ao Mundial de 2014. E apresentou ao mundo um Brasil e uma preparação de contrastes. Certezas e desconfiança. Festa e protestos. Bajulação e saia justa. E cobranças.

Com manifestantes do lado de fora, a cúpula o futebol mundial e da política nacional, encabeçada pela presidente Dilma Rousseff, esteve na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, onde 166 seleções do todo o mundo conheceram o caminho que percorrerão para apenas algumas delas voltarem ao país daqui a três anos.

Sustos

Cerca de duas mil pessoas presentes viram o governador do Rio, Sérgio Cabral, e o prefeito da cidade, Eduardo Paes, comemorarem o evento bancado por eles com verba pública: R$ 30 milhões.

Mas nem todo o dinheiro investido evitou sustos. Como as estruturas foram feitas em tendas provisórias, elas sofreram o impacto do vendaval que atingiu o Rio e Janeiro pouco antes. Barras de ferro se soltaram, placas voaram, vários funcionários tiveram de fazer reparos às pressas.

O barulho intenso sob as lonas causou apreensão, com as pessoas olhando constantemente para cima, inclusive durante o discurso de abertura de presidente da Fifa, Josef Blatter.

Polêmicas

Suspeito de corrupção na entidade que reúne mais países do que a própria ONU, Blatter teve de encarar no Brasil vários questionamentos durante a semana que antecedeu ao evento. Garantiu que a Fifa terá um novo comitê de ética, prometeu mudanças, mas se incomodou com a troca do foco da festa para a contestação da sua gestão.

Mesmo assim se comportou melhor do que o presidente da CBF, do Comitê Organizador Local (COL) e aspirante a seu sucessor, Ricardo Teixeira.

O cartola não deu entrevistas, chegou a discutir com um repórter inglês, na véspera do evento, e ainda foi alvo de um protesto.

“Queremos mais transparência na organização da Copa do Mundo. Defendemos os moradores que serão removidos por causa das obras da Copa e da Olimpíada de 2016, o direito dos comerciantes informais e até o dos torcedores que perderam a tradicional forma carioca de torcer com a nova reforma do Maracanã, onde estão gastando milhões [a obra conduzida pelo governo do Rio está orçada em R$ 705 milhões]”, explicou um dos responsáveis pelo movimento, Hertz Leal, encabeçado pela Frente Nacional dos Torcedores.

Pacífica, bem humorada, com cartazes onde estava escrito “Fora Ricardo Teixeira”, a passeata guiada por um carro de som, contou com cerca de 700 pessoas de acordo com policiais militares – entre eles professores e bombeiros que pegaram carona no movimento.

Na entrada da Marina da Glória, um texto sobre o protesto foi distribuído a todos os jornalistas estrangeiros. Alvo de vários mimos preparados pela organização – como jantares exclusivos, pedacinhos do Maracanã e a famosa caipirinha –, eles deixarão o país também com muitas dúvidas.

Entre elas, o aumento no orçamento, o excessivo investimento público, a demora nas obras e até a mais recente, com intervenção do Ministério Público e a possibilidade de interdição nas obras do estádio, palco da abertura em 12 de junho de 2014, e do qual eles levarão um pequeno entulho na mala.

10 Comentários

  1. A Copa da Roubalheira mostrou a que veio.

    Só na apresentação foram 31 milhões e prá quê?

    É um governinho sem vergonha mesmo num país que falta escolas, hospitais, estradas, segurança ………………………….

  2. Parreiras Rodrigues Responder

    Há pouco, o JN mostrou o lado platinado do evento.

    Só o que interessa aos que já estão garfeando.

    R$ 30 mi dos cofres do RJ para a festa, enquanto a região serrana atingida pelos deslizamentos amarga o esquecimento.

    Indignados, uni-vos…

  3. Vigilante do Portão Responder

    Mais uma AVENTURA do Lula.

    Primeiro posou de grande estadista, com discursos na ONU.
    Depois, visando a eleição, apresentou nossa candidatura para sediar a Copa.

    Apresentou como grande feito, dizendo que NÃO HAVERIA DINHEIRO PÚBLICO NA JOGADA.

    O tempo se encarregou de desmentir o pilantra.

    De uma forma ou de outra, acharam meios para colocar grana do contribuinte na s obras privadas.

    Em Curitiba o ardil foi o do “potencial construtivo”.
    Nome bonito para: dinheiro do povão.

    Pior, vendo a possibilidade de perder votos, políticos de todas as cores, inclusive da oposição, aplaudiram a vinda da Copa.

  4. Vigilante do Portão Responder

    Da. Globo, quando quer alguma coisa…

    Escolheram a Fernanda Lima para apresentar.

    UMA VERGONHA.

    Com tanta gente melhor….

    A moça tem até programa. Uma apelação.

    Aliás, quem patrocinou a pataquada do “sorteio”?

    Caixa,
    Banco do Brasil,
    Petrobras.

    Depois a Gazetona reclama do gasto com propaganda….

    Vá entender.

    Semana passada atéo BNDES teve PROPAGANDA na Globo.

    Um assalto ao nosso bolso.

  5. Copa da vergonha.

    Lula da Silva é o culpado desta vergonha chamada Copa do Mundo no Brasil.
    O povo, morrendo nas filas do SUS, morrendo em suas prórpias casas por balas perididas, escolas públicas sucateadas, estradas acabadas causando acidentes e mortes. Enquanto isso, bilhões de reais serão gastos com esta grande mentira, tudo para satisfazer o malaco populista lula da Silva, o maiiro vigarista, sidicalista vadio que passou pela Presidência. Empreiteiros e companhyeiros do Fascista Lula, irão ficar ainda mais ricos.
    Enquanto exisatir este c?ancer chamado lula envolvido na política nacional, o rumo do Brasil será o mesmo da venezulela, cuba e Libia pois, a atitude do malçaco lula de querer se perpetuar no poder, é atitudde de DITADOR..

    Acordem brasileiros para esta grande mentira chamada Lula da Silva.

  6. De fato essa copa é a copa do escárnio, da falta de caráter. Vão assaltar os cofres públicos, roubar o quanto puderem e além de tudo iremos passar vergonha perante o mundo pois as obras não vão ficar prontas à tempo.Ficaram prontos apenas remendos à preços superfaturados! Mas esse povo merece, fica calado e não faz nada. Mecece morrer nas estradas esburacadas, na fila do SUS, ser assaltado nas ruas…VIVA O BRASIL!

  7. Essa é a Copa organizada pela Globo, só não vê quem não quer.
    Porém, quem pagará a conta seremos nós. (Itaquerão que o diga)

  8. O grande objetivo do ladrão do lula era garantir a copa no Brasil para que o pt pudesse roubar e desviar dinheiro à vontade. Eis aí o primeiro passo.

Comente