Uncategorized

Requião ameaça deputados que apoiam Agência Reguladora

Em 1992 o então presidente Fernando Collor de Mello, se afogando em meio a um tsunami de denúncias, convocou uma espécie de plebiscito informal. Pediu, em agosto de 1992, em discurso na televisão, que as pessoas saíssem às ruas vestindo as cores da bandeira nacional para manifestar apoio a seu governo. A estratégia revelou ser um erro catastrófico. Em lugar de apôio o apelo de Collor levou milhares de estudantes as ruas vestidos de preto e com o rosto pintado de preto em sinal de luto contra a corrupção e pedindo o impeachment do presidente. O resto da história todo mundo conhece.

Em 2011, o senador Roberto Requião, que se elegeu na maior estica depois de ter pilotado um governo desastroso e levado o PMDB a protagonizar fiascos eleitorais homéricos em Curitiba, parece disposto a convocar uma espécie de plebiscito da prepotência. Requião ameaça não dar legenda para os deputados que votarem a favor do projeto da Agência Reguladora do Paraná, que tramita na Assembléia. Ao lançar essa ameaça Requião quer colocar, mais uma vez, o PMDB a reboque do PT. No caso, do pitoresco suplente de deputado petista Elton Welter. Welter é autor de uma tese conspiratória, que mistura a Agência Reguladora com os alienígenas de Roswell e o ET de Varginha, para concluir que tudo é uma conspiração maligna para privatizar as empresas paranaenses.

Requião comprou essa tese mirabolante, apesar de saber que se alguém quer privatizar e está privatizando (portos, aeroportos e estradas) esse alguém é Dilma Rousseff, do PT de Welter. A ameaça de Requião aos peemedebistas revela que ele não aprendeu a lição de Fernando Collor. Quando se convoca um plebiscito, na base do dá ou desce, tudo ou nada, sempre existe o risco de uma invertida mortal. O PMDB do Paraná parece cansado de se submeter ao jugo de Requião e de sua família. A resposta que dará a mais essa truculência do senador pode ser um indício de que o partido se cansou de seus excessos.

8 Comentários

  1. De novo vem o PT com essa conversa mole de privatização. Acusam os outros e quem privatiza são eles. A Dilma está privatizando os aeroportos e os portos. Essa que é a verdade. Volta pra Toledo, Welter!

  2. JoãoMariaDeAgostinho Responder

    Ué? E não é (uma conspiração maligna para privatizar as empresas paranaenses)????

  3. Não atoa é Maria Louca. Aliás deveriam ser cobrados dele todos os prejuizos que o Paraná está tendo como consequência do seu (des)governo.

  4. Se o Requião é contra deve ser coisa boa para o Estado.

    Apesar de ser um grande cabide para comissionados.

Comente