Uncategorized

Escândalos do Dnit chegam a generais do Exército e a Requião

Os escândalos do Departamento Nacional de Infraestruturas de Transportes atingem agora o alto escalão do Exército e podem respingar em Roberto Requião. A Procuradoria Militar apura o envolvimento de oito generais com irregularidades encontradas em obras. Entre os investigados está o comandante do Exército, general Enzo Martins Peri, pelo suposto desvio de R$ 11 milhões repassados pelo Dnit.

Vale lembrar que, em 2006, o mesmo general Enzo Martins Peri assinou convênio com o então governador do Paraná, senador Roberto Requião (PMDB), para a pavimentação da Estrada do Cerne (PR-090), aquela que serviria como alternativa para as vias pedagiadas e era um dos projetos mais ambiciosos do programa Estradas da Liberdade. Muito dinheiro foi investido na obra. E era o Exército, chefiado pelo general Enzo Martins Peri, o responsável pela pavimentação da estrada.

7 Comentários

  1. -Até tú Requião envolvido no escândalo do Ministério dos Transportes? Mas que vergonha!!!
    -E o pior é que indícios de envolvimento de militares, se as investigações confirmarem tal envolvimento, estaremos diante do maior escândalo, até o presente momento, do Governo Dilma!!!!
    -Aguardemos os próximos capítulos!!!!

  2. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Essa Estrada do Cerne, se pavimentada, seria um das mais de utilidade do nosso Estado, poisiria direto para Castro, cortando a cidade de Ponta Grossa, encurtando vários quilometros.Mas somente houve promessas, não cumpridas.

  3. Será que a FARDA será enlameada também?

    É preciso apurar os fatos e punir, vigorosamente, para que não maculem o que ainda é, acredito, UM ORGULHO dos brasileiros, segundo poesquisas recentes de opinião.

    É a rapinagem em franca atividade aliciando por todos os lados… Justiça e cadeia para os tais é uma combinação perfeita e com o aval do povo decente.

    Para o lamento dos indecentes…

  4. No exército tem muita corrupção, mas os militares sempre abafam a maioria dos casos, pois geralmente quem faz as falcatruas são os oficiais das mais altas patentes e geralmente os subordinados quando ficam sabendo, acabam ficando calados por causa de represarias. O ministério público e a imprensa deveria acompanhar o exército mais de perto.

Comente