Uncategorized

Poesia para você

“Pois Camões é mesmo o gênio insuperado e talvez insuperável da inculta e bela. Gênio bastante prejudicado por insensíveis professores de Português… Como se a análise sintática tivesse mais importância e beleza que a sonoridade das estrofes”.

Da genialidade dos esportes para a genialidade da poesia. Em sua crônica, Carlos Alberto Pessoa mostra com precisão sua paixão pela poesia e indignação pelos poetas injustiçados. Leia aqui, na Revista Ideias!

1 Comentário

Comente