Uncategorized

Gladiador, a nova arma da polícia do Paraná no combate ao crime

A Polícia Militar do Paraná está realizando testes com um veículo blindado, batizado de Gladiador. O veículo é semelhante a um tanque de guerra e a sua robustez permite transpor obstáculos e atravessar paredes, além de circular em terrenos acidentados o que seria impossível para uma viatura comum.

O Gladiador é muito semelhante ao “Caveirão”, que é usado pela polícia carioca para invadir áreas dominadas pelo tráfico de drogas nas favelas. Por ser blindado, garante a integridade dos policiais e permite invadir áreas conflagradas, como bunkers de criminosos e outros. As informações são do Estado do Paraná.

16 Comentários

  1. “Gladiador”…. (…)

    Até que enfim!!!

    realmente, ele é: parecido com o caveirão…

    Parecido também esta a alta da criminalidade no estado do parana…
    aqui esta parecido com o rio de janeiro

  2. Que desperdicio de dinheiro publico, me digam em qual cidade do parana, em qual bairro a policia nao entra. Pelo que sei aqui nao existe morros com barricadas, traficantes andando nas ruas com fuzis. Isso esta com cara de desvio de dinheiro. Acorda Parana.

  3. Não há baixas do lado da polícia no Paraná, vai ser dinheiro mau aplicado, que poderia muito bem ser aplicado na qualificação e remuneração do policial. Ainda mais sabendo como funciona o jeito brasileiro de levar vantagem na hora da compra pelo serviço público.

  4. vai ser muito parecido ao caveirão mesmo… qualquer foguinho no pneu derrete e se torna o calcanhar de aquiles do gladiador… :-))

    Quantas viaturas novas isso custa?

  5. Realmente o troço é um exagero, qualquer cidadão morador no Pr, sabe que este não é o metodo de serviço policial a ser empregado visando o combate a violência e o tráfico por aqui, talvez até venha a estimular uma resposta a altura por parte dos comandantes do tráfico.

  6. Que ótimo, e quem é que vai pilotar esta supermáquina? Faltando contingente como está, só se a supermáquina for teleguiada. Segurança é coisa séria, e não é com bravatas que vai-se acabar com o crime e reduzir a criminalidade. Daqui há pouco alguém vai ressucitar o tal mapa do crime, que aquele dublê de secretário encomendou daquele piá, aluno de Engenharia Cartográfica. E por falar no tal mapa, ele está sendo atualizado, ou já foi jogado no lixo? Tony

  7. Governante Itinerante Responder

    Tremenda bobagem. Tiro no pé!
    Algum espertalhão, vendilhão mercenário como tantos outros, deve estar oferecendo o trambolho para lucrar as custas do povo do nosso Paraná. Leva à Polícia, chama a imprensa e pronto. Picaretagem!
    Para a população fica a imagem de que temos, como o RJ, pontos onde a polícia não chega, instransponíveis e perigosos.
    Mentira deslavada e que só serve para criar pânico e aumentar a sensação de insegurança da população.
    Com o valor do caveirinha, se pode comprar pelo menos dez viaturas eficientes e adequadas ao que precisamos. Ou, então, cinco camionetas para o policiamento de choque.
    Vai entender a cabeça dessa gente…

  8. A Policia Civil entregue as traças, principalmente no interior, sem qualquer condição minina de trabalho, e eis que surge o “gladiador “

  9. Queria saber o valor que alguem deve tar levando para trazer esse GLADIADOR para ser testado aqui, todos nos sabemos que não precisamos desse em nosso policiamento diario e com 500 conto da para comprar no minimo 5 camionetes que terão uso diario ao contrario desse tanque.

  10. Polaco Italiano Responder

    É pra cabar isso é u,a vergonha sera que o governo quer deixar a imagem igual do rio?

Comente