Uncategorized

Governo não quer nenhuma dúvida sobre a Agência Reguladora

“O governador Beto Richa decidiu retirar o projeto criando a Agência Reguladora da Assembleia para que não exista a mais remota suspeita sobre as intenções do governo”. A declaração é do líder do governo na Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), ao explicar a decisão de o governo de pedir a restituição do projeto que normatiza a Agência Reguladora da Assembléia.

A intenção, segundo Traiano, é reformular o texto da mensagem governamental de forma a deixar bem claro que não existe qualquer possibilidade de privatização de empresas públicas do Paraná. “A retirada do projeto se deu para que se evitasse uma polêmica inútil e desgastante em torno de intenções privatistas inexistentes”, disse Traiano.

“A Agência vai regular atividades concedidas nas quais o Estado é minoritário ou não tem participação. Serviços que o Estado é majoritário não precisam de regulação ou são regulados por agências federais”, disse, ressaltando que a Copel já é regulada pela Agencia Nacional de Energia Elétrica (Aneel). “Nem no projeto anterior a Copel seria regulada pela nossa Agência Reguladora”.

O líder governista garantiu ainda a intenção do governador Beto Richa é fortalecer as empresas públicas. “O governador Beto Richa é um defensor das empresas públicas do Estado e se comprometeu publicamente a mantê-las e defendê-las”, disse Traiano. “Quem está promovendo um processo acelerado de privatização no Brasil é o governo do PT, que está entregando os aeroportos, estradas e planeja também privatizar os portos. O PT precisa parar de atribuir aos adversários àquilo que faz”, concluiu Traiano.

Comente