Uncategorized

Prefeito de Cascavel faz manobras para evitar impeachment

O clima político esquenta em Cascavel. Hoje à tarde, às 14:30h, tem sessão na câmara de vereadores para analisar o pedido de investigação contra o prefeito Edgar Bueno (PDT) por suposto superfaturamento na aquisição de uniforme escolar. Na ação popular protocolada por um grupo de eleitores há pedido de impeachment do prefeito.

O prefeito tenta, de todas as formas, se segurar no cargo. Chegou a exonerar os secretários da Educação Valdecir Nath de do Planejamento Ronald Drabik. Isso porque ambos são do PDT e suplentes de vereadores na cidade. Na últuma sexta, a Justiça afastou o presidente da Câmara, o pedetista Marcos Sotille Damasceno, por ser sobrinho do prefeito. Os dois exonerados das secretarias podem ocupar, portanto, a vaga de Damasceno.

3 Comentários

  1. O PDT e seu inferno astral.Sim ja faz algum tempo que o PDT vive isso. Partindo de Foz de Iguaçu aonde o prefeito também responde por varias ações e pedidos de afastamento, seguindo até Londrina aonde a coisa esta feia para o lado do Barbosa Neto, de Londrina voltamos a Cascavel aonde o Edgar Bueno esta na corda bamba e por fim chegando a cidade Paranaguá aonde o dublê de prefeito José Baka ao que tudo indica deve ser também afastado do cargo.Claro sem falar na situação do deputado federal Paulinho da Forçal sindical que esta envolvido em mais uma das suas que juntamente com o grande ministro trabalhista Carlos Lupi foram alvo de matéria em uma revista de circulação nacional nesse ultimo fim de semana.Era com essa gente que o Osmar Dias iria governar o estado do Paraná ?

  2. Não sei o que aconteceu mas parece que tem vereador que votaria favoravel ao pedido de investigação do Prefeito mas que mudou de posição e vai votar contra.
    Teve vereador que foi visto almoçando com o Prefeito.
    Fiscalizar o Poder executivo é função e dever de todos os vereadores.

Comente