Uncategorized

Partidos pequenos tentam coligações por horário eleitoral

Os partidos pequenos sofrem para aparecer e fazem de tudo nesta época pré-eleições por coligações com os partidos maiores. Precisam aparecer para serem lembrados e assim conseguir uma coligação que ofereça o precioso tempo no horário eleitoral.

Pela legislação eleitoral, leva vantagem as maiores bancadas, que têm mais deputados federais eleitos. E por esse motivo também, que os candidatos à prefeito procuram os partidos com maiores bancadas como base.

O atual prefeito de Curitiba Luciano Ducci (PSB) agrega partidos com grandes bancadas em sua coligação. O pré-candidato petista Ângelo Vanhoni (PT) pertencente ao partido com maior bancada. E Rafael Grecca, suposto pré-candidato pelo PMDB tem a segunda maior bancada ao seu dispor. Estes estão favorecidos na largada.

Já Gustavo Fruet, que ainda não escolheu o partido ao qual vai se filiar, e Ratinho Jr (PSC) que tem pequena bancada estão prejudicados na corrida.

Veja quem tem peso e valor no mercado político da divisão do horário eleitoral:
– O PT saiu das urnas com 83 cadeiras.
– O PMDB ficou com o segundo maior número de cadeiras, com 79 eleitos.
– O PSDB recebeu nas urnas o status de terceiro maior partido na Casa. Foram 53 tucanos eleitos.
– O DEM ficou com a quarta posição, com 43 deputados eleitos.
– O PR e o PP dividem o quinto lugar com 41 deputados cada um.
– Na sequência aparecem o PSB, com 34, o PDT (28), o PTB (21), o PSC (17), O PC do B (15), o PV (15), o PPS (12) e o PRB (8).
– Estarão ainda representados na Câmara o PMN, com 4 deputados, o PSOL (3), o PT do B (3), o PHS (2), o PRTB (2), o PRP (2), o PSL (1) e o PTC (1).

1 Comentário

  1. Jaime Rodrigues Ferreira Responder

    Muito bom o levantamento feito por numero de deputados de cada partido, porém gostaria de ser informado quanto tempo cada partido dispôe no horário eleitoral para 2012?

Comente