Uncategorized

Traiano garante que não há risco para a Copel

O deputado Ademar Traiano (PSDB), líder do governo na Assembleia, assegurou da Tribuna a representantes do Forum Popular Contra a Privatização que compareceram a Assembléia para marcar os dez anos das manifestações populares que inviabilizaram a venda da Copel, que nenhuma ameaça ronda a empresa.

“Devo dizer que como líder e por orientação do governador Beto Richa que não teremos a privatização de empresas públicas no Paraná”, garantiu Traiano. “Ao contrário, vamos fortalecer essas empresas. A mensagem sobre a Agência Reguladora, que causou confusão, embora tivesse por objetivo apenas proteger o cidadão, foi prontamente retirada. Afirmo e reafirmo que o compromisso do governador de não privatizar qualquer empresa pública será mantida”.

17 Comentários

  1. Como o passado muda. O fato das concessões da COPEL não terem sido privatizadas no passado recente, foi o total desinteresse dos compradores, que não apresentaram nenhuma proposta no leilão.

  2. O Beto Richa deve honrar a memoria do pai, que sempre gostou da Copel e era muito querido pelos paranaenses. Mas deve tomar muito cuidado com os puxa-sacos que desde 2001 estao sedentos para vender o patrimonio publico.

    Pelo Beto, sabemos que ele nao vende a Copel. Mas tem um pessoalzinho que insiste em ficar com burburinhos perto dele… Se eu fosse o Beto, ja teria estirpado esse cancer do governo ha tempos! Tem gente muito mais competente.

    Beto, fique firme porque voce pode ser presidente!

  3. Que assim seja, mas se a empresa começar a dar prejuízo, então que seja vendida, porque a Copel não é lugar para empregar a companheirada. Tony

  4. Este Traiano, depois que foi pego com a boca na botija, fazendo nepotismo cruzado, tem que passar olho de peroba na cara. Outro paladino da moral e da decencia.

  5. QUANTO MAIS ELES GARANTEM A NÃO PRIVATIZAÇÃO DA COPEL, MAIS ME CONVENÇO DE QUE A EMPRESA ESTÁ COM OS DIAS MARCADOS, CONDENADA A SER VENDIDA PELO MENOR PREÇO AO PRIMO MAIS PRÓXIMO!
    A SEMENTE NÃO CAI LONGE DA ÁRVORE!!!!

  6. O nepotista só esqueceu de falar que votou a favor da privatização no Governo do Lerner.. Ehhh TRAIAno

  7. O Lerner disse a mesma coisa antes de vender o Banestado:
    “Eu quero deixar bem claro – não vamos privatizar o banco”
    Alguns meses depois o Banestado foi para o vinagre.

  8. COPEL, SANEPAR E O POVO Responder

    De ideologia a Albânia, Cuba e a Coréia do Norte estão cheias.
    Antes de falar de privatização em termos absolutos, é relevante clarear um pressuposto.
    Fernando Henrique foi muito combatido por aqueles que depois colheram e continuam desfrutando dos resultados de sua política.
    Qual o papel do Estado ?
    A matéria é controvertida mas sua discussão não deve ferir os interesses maiores, constitucionalmente definidos e essenciais nas atribuições dos governos, como segurança, saúde e educação, por exemplo.
    E, creio injustificável qualquer outra preservação que implique no sacrifício dos direitos fundamentais do ser humano.
    Há, em relação ao assunto hipóteses viáveis, que merecem criterioso estudo. E o estudo, referendado por motivos superiores e de interesse social, não pode ser barrado.
    O que precisa é deixar muito bem claras as intenções e as implicações. Colocar limites na manipulação das joias da coroa, para que elas cumpram funções mais úteis, além das já conhecidas.

    Clovis Pena

  9. COMO NÃO PODEMOS CONFIAR NESSE TIPO DE PESSOA (POLITICOS), É MELHOR O PESSOAL DA COPEL SE MOBILIZAR PARA QUE NÃO ACONTEÇA O MESMO QUE OCORREU COM O BANESTADO, E PARA QUEM NÃO SE LEMBRA O NOSSO ATUAL GOVERNADOR FOI A FACOR DA VENDA.

    PESSOAL VAMOS FICAR DE OLHO..

  10. Prezado Fábio,
    desde o começo do governo que o secretario ortigara disse que ia fazer fusão de claspar e codapar mais ate agora isso não aconteceu, quando será essa fusão? Será para melhor para o povo paranaense, espero que sím, pois confio muito no nosso governo Beto richa.

  11. As manifestações são corretas, pois vivemos em um país democrático. Mas, penso que os manifestantes da CUT e UGT também devem organizar um manifesto contra a corrupção que se instalou em Brasília. Será que vão ocorrer manifestos iguais no palácio do planalto, no senado e na câmara dos deputados federais? Será? A corrupção, sim, traz um enorme prejuízo aos cidadãos!

  12. Parreiras Rodrigues Responder

    Paranismo ingênuo. Empresas públicas são pilotadas por apadrinhados políticos, usadas com finalidades também cartorárias e partidárias.

    Nas mãos do Governo, é uma entidade política. Deixa de sê-lo, quando tocada por empresários, isto é, gente do povo.

    Incompetentes e incompetência não se desenvolvem numa empresa de domínio popular.

    Estatizada, repito, é empresa de cupinchagem e é rentável porque não tem concorrencia.

  13. Engraçado. A turma do PT estão privatizando tudo… Petrobras, aeroportos, portos. etccc. – ninguém comenta!!!
    Sabiam que os professores estão em greve justamente porque o governo federal quer privatizar uma ala do Hospital de Clínicas de Curitiba!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.
    Quem me contou foi uma funcionária da UFPR, que pora também está em greve!”!!!

Comente