Uncategorized

Mendes Ribeiro diz que vai evitar ‘mudar o que não precisa’

Da Folha.com

O novo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, afirmou em seu discurso de posse no cargo, na manhã desta terça-feira (23), que não pode chegar ao ministério “querendo mudar o que não precisa”.

“Guardarei as mudanças ao que for necessário, e chegarei ao necessário por orientação da Presidência da República”, afirmou.

Mendes Ribeiro comparou seu trabalho na pasta ao “exemplo diário de milhões de agricultores e produtores, que sabem que as vidas e as decisões passam por ciclos. A colheita de amanhã depende da capacidade de temperar a terra, semear o grão, regar, cuidar, observar”.

O deputado gaúcho do PMDB, que afirmou conhecer as necessidades dos produtores agrícolas, também defendeu a “valorização do servidor” e a “gestão pública com qualidade e eficiência”.
Segundo ele, gestão e política devem andar juntas.

“Só gestão sem política implica em emperramento. E só política sem gestão implica em desperdício sem resultados”, disse.

Mendes Ribeiros também agradeceu ao seu antecessor, Wagner Rossi –que pediu demissão do cargo depois de uma série de denúncias sobre a pasta.

“Quero agradecer ao Wagner Rossi pela gentileza de me colocar todos os elementos que me foram necessários para que eu pudesse avaliar o ministério. E me dizer com aquela sinceridade, aquele jeito peculiar: ‘Mendes, faz o que tu tiver que fazer, eu fiz o que pude fazer pela agricultura do Brasil e tô torcendo por ti’. Muito obrigado, Wagner, obrigado mesmo.”

Comente