Uncategorized

Ducci fica indignado com multa a cobrador por uso de cobertor

Da Banda B

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PDB) disse hoje (25), em entrevista ao vivo no Programa Luiz Carlos Martins, na Banda B, que ficou indignado com a história do cobrador que foi multado pela Urbanização de Curitiba (Urbs) por improvisar uma cortina para se proteger do frio na estação-tubo, quando a temperatura em Curitiba era de 14° C, com sensação térmica de 4° C. O caso foi mostrado nesta quarta-feira (24), em reportagem do Paraná TV, da RPC. “Tomei conhecimento do caso ontem e já pedi uma reunião com o presidente da Urbs, Marcos Iser, para tratarmos deste e outros casos. Fiquei indignado com essa história do cobertor. Deveria haver mais coerência por parte dos fiscais que atuam no transporte coletivo. Não vejo nenhum problema na pessoa trabalhar com geada com uma cobertinha na perna”, disse Ducci.

O prefeito também disse que vai discutir com Isfer a questão das multas do motoristas e cobradores por atrasos. A denúncia foi apresentada ao vivo no Jornal da Banda B – 1ª edição, na última terça-feira (23), pelo presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e região (Sindimoc), Anderson Teixeira. “É outro exemplo de situação que precisa ser analisada com coerência. Ontem, conversei com um motorista de ligeirnho de 67 anos, que está há 40 anos na profissão. Ele me disse que a Urbs está multando por conta dos atrasos, mas que com tantas obras na cidade o trânsito está cada vez mais complicado, o que dificulta o cumprimento do horário em alguns momentos. Daí, o motorista fica estressado. Ele pediu uma tolerância maior, o que concordo plenamente”, afirmou o prefeito.

“É importante colocar aqui que o trabalho dos fiscais é importante, até porque tem infrações que podem colocar em risco os passageiros. Não dá para dizer que a fiscalização está errada em tudo que está fazendo. vamos agora discutir os detalhes de cada uma dessas reclamações, para encontrarmos soluções de acordo com a realidade atual”, completou.

11 Comentários

  1. A única coisa que a URBS sabe fazer é multa. Educação de transito, respeito ao cidadão e aos funcionários, isso não é da competência deles, né? Muita coisa precisa ser revista mesmo.

  2. UM COITADO QUE GANHA UMA MISÉRIA POR MÊS É MULTADO POR ESTAR COM FRIO ….

    ENQUANTO ISSO NA CÂMARA MUNICIPAL NINGUÉM FISCALIZA NADA E O DINHEIRO CORRE SOLTO !!!!

    FALTA DE VERGONHA……….

  3. Realmente e uma vergonha um trabalhador ser multado por sr
    se proteger do frio. Um cobrador que não tem direito nem de ir no banheiro. E uma vergonha. Prefeito tome providencias. Vamos e cobrar dos políticos safados que estão livres de tudo. Que vergonha trate com seriedade o pobre pobre do trabalhador

  4. Isso ai prefeito queria colocar esses fiscais dentro do tubo no frio que tava pra ver se eles não mudariam de ideia sobre usar uma coberta.

    Quando vi a materia ontem fique com pena do cobrador e nos curitibanos conhecemos bem o frio da nossa cidade.

  5. Nada a estranhar, para quem já viu os verdinhos multando veículos em fase de adentrar em estacionamento pago nas imediações do mercado municipal, com alegação de estarem estacionados em fila dupla.

  6. Não se trata de tentar justificar a multa, mas, vamos analisar a situação conforme ela de fato aconteceu: o cobrador não estava com uma “cobertinha na perna” conforme mencionou o Prefeito. O cara tinha montado uma favela dentro da estação tubo. Tinha lona velha pra todo lado. Claro que o trabalhador tem todo o direito de se protege do frio e ninguém pode impedir isto, mas, tem meios e modos de se fazer e estes meios e modos não eram impossíveis de serem alcançados por aquele trabalhador, bastava, para tanto, se agasalhar com luvas, toucas, “cobertinhas sobre as perna”, etc.

  7. Parabéns Prefeito.

    Absurdamente desumana a atitude do fiscal.

    Outra questão qto à URBS é qto à intolerância dos “pardais” em relação ao ESTAR.

    No entanto, não se compara ao que este fiscal insano fez contra a pobre do cobrador.

    A punição para ele deve ser “OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE”……………………deixa ele lá no lugar do cobrador SEM PROTEÇÂO passando uma única noite. Este fiscal vai pedir perdão de joelho……………………..!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Coração Curitibano Responder

    A estação-tubo vira um aparelho de ar condicionado gigante no frio. Quem deveria ser multada era a prefeitura por fazer os cobradores trabalharem nessa condição.

  9. Colega!
    É permitido usar cobertor ou jaqueta por cima do uniforme desde que o crachá fique a mostra! O cobrador em questão (tubo passeio público sentido centro, lado centro, da manhã) é um relapso total, fica com som em alto volume incomodando os usuários, grita com os passageiros, namora em serviço, meche com as moças, etc… Mereçeu as multas que levou por ter atitudes não condizentes com a função!

    Sobre a “indústria da multa” só existe pra quem gosta de dirigir e falar no celular… Estacionar em local não permitido… Furar semáforo…!
    Sou motorista já à 17 anos e nunca levei uma multa sequer…

    Sem fiscal e multa a cidade não funciona, infelizmente é um mal necessário…

    Ex: Pouca gente tem a conciencia e usa a cadeirinha ( no carro) pra proteger o filho amado, mas sim pra não levar uma pesada multa!

  10. Todo mundo sofre com o frio… Carteiros, leituristas, policiais… Não é por isso que vamos deixar o uniforme de lado e sair enrrolados num cobertor igual um mendigo…
    Tem que ter ordem no negócio, sejamos complacentes

Comente