Uncategorized

Tadeu Veneri estuda deixar PT para liderar frente de esquerda

Foto: Nani Gois

Convencido de que não vai mesmo ter espaço no PT para disputar a prefeitura de Curitiba, o deputado estadual do PT Tadeu Veneri passou a considerar a hipótese de aceitar um convite para sair do Partido dos Trabalhadores e liderar uma frente de partidos de esquerda, entre eles o PSTU, o PSOL e o PCB, para disputar a prefeitura com uma proposta diferenciada.

As cogitações de Veneri começaram a tomar forma quando ficou claro que o PT de Curitiba, seguindo o roteiro traçado por Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo, vai mesmo marchar com o ex-tucano Gustavo Fruet e vai rifar as candidaturas postas pelo partido como o deputado federal Dr. Rosinha e o próprio Veneri.

O deputado estuda em que partido vai se filiar e só pretende deixa o PT se ficar convencido que vai formar uma frente partidária que lhe garanta tempo para apresentar uma candidatura viável. A ironia da situação, notam os partidários de Veneri, é que o deputado está cogitando deixar o PT em uma situação bastante parecida com aquela que levou Gustavo Fruet a abandonar o PSDB.

Na cúpula do PT, os movimentos, sinalizações e chiliques de Veneri são vistos com enorme ironia. Avalia-se que é mais uma manifestação de um ego imenso, totalmente desproporcional a estatura física e política. O recado enviado é curto e grosso: se quiser sair, bom proveito. Mas o mandato é do PT e será reavido na Justiça.

17 Comentários

  1. Joaquim Pedroza Responder

    O Veneri nao só fica no PT, como apoia o Fruet, se for decisão democrática tomada pelo PT.

  2. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    Muito bem, faço isso Veneri, faça isso. No Para´na, o PT, não elege Vereador.

  3. O deputado não perde uma oportunidade sequer de aparecer. Mas desta vez dou-lhe inteiro apoio, abandone sim a canoa furada em que se transformou o pestismo capitalino. Ele que siga pelo caminho da Marina Silva e da Heloísa Helena, de quem ninguém mais se lembra. E vá fazer companhia a outra ilustre desconhecida, que é a filha do governador dos gáuchos. Por falar na dita cidadã, ela ainda é deputada? Tony

  4. No paraná o PT nao elege Vereador em CAÇADOR?…….mas que besteira vc escreve?…………pelo amor de Deus, nao sou petista mas comentários como o seu vai fazer esse blog ficar sem leitor………fique esperto Fabio rsrsrs.

  5. Como acreditar numa coisa dessas, qual a fonte, o comité da maldade?, coitados de vocês que acreditam em tudo o que leem.
    O deputado Tadeu Veneri NÃO sai do PT.

  6. Certo, então vai renunciar á cadeira de Deputado estadual? Esquece o parlamentar que atualmente funciona a fidelidade partidária? Saiu perde a vaga para o partido que empossa o próximo da lista e pronto. Portanto é falácia do Deputado essa ideia de sair do partido para disputar as eleições de Curitiba.

  7. Lá se vai o último petista decente com cadeira no legislativo. Para os idiotas que comentam sem saber o que estão falando, explico: não se trata de abandonar o partido, mas de poder aplicar a proposta pela qual o PT nasceu, mesmo que para isso precise deixar a (péssima) compania da “Barbie Hoffman”.
    Quanto a apoiar o Kadaffi, para o minguado cérebro que escreveu isso digo: e você? apoia os estadunidenses? Já estudou geopolítica alguma vez na vida? Ou só sabe assistir o JN? Aqui está a receita: estude.

  8. Sempre achei o PT um caso perdido. Mas tenho de admitir, ele pode melhorar com a saída do venéreo.

  9. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk mais aqueles kkkkkkkkkkkkkk, bem escandaloso, sabe como kkkkkkkkkkkkkkk, este cara ai se não estiver no PT usando dinheiro dos sindicatos, não se elege nem pra sindico de sauna!

Comente