Uncategorized

Dilma: só demagogo diz que resolve saúde sem verba

Blog do Josias — No vídeo, uma cena de novembro de 2010. Corria o segundo turno da eleição. Dilma discorria sobre a saúde num debate televisivo. Seguiu a cartilha.

Primeiro, o reconhecimento: “Nós temos um problema sério de qualidade da saúde no Brasil.”
Depois, a promessa: “Eu assume o compromisso de melhorar a saúde. Primeiro, jogando o peso do governo federal na fiscalização da qualidade dos serviços.”

Antes da mão forte do Estado, chegariam as verbas: “Depois que a gente aumentar os valores do repasse para Estados e municípios.” O tempo passou. Dilma governa há oito meses. Não há vestígio do tônico monetário a Estados e municípios.

Súbito, Dilma pôs-se a conspirar contra a proposta que regumenta a Emenda 29, disciplinando os investimentos na saúde pública. Tentou adiar a deliberação. Não colou. A Câmara anunciou a análise do projeto para 28 de setembro. Vencida, Dilma passou a desmentir Dilma.

Regulamentar a Emenda 29, diz a nova Dilma, “não vai resolver o problema.” “Você vai necessitar cada vez mais recursos para colocar na saúde, para ela ficar cada vez mais de qualidade”, disse Dilma nesta quinta (1o). Ela simula aversão à volta do imposto do cheque: “Por que o povo brasileiro tem essa bronca da CPMF? Por que não foi para saúde.”

Fica subentendido que um novo tributo voltado exclusivamente à saúde viria a calhar. Em timbre peremptório, a nova Dilma apregoa: “Quem falar que se resolve isso sem dinheiro é demagogo.” Difícil discordar de uma especialista. Observada em retrospectiva, a Dilma-2010 revelou-se demagoga de mão cheia.

8 Comentários

  1. Mais uma vez, o FANTASMA da CPMF volta a tona!!

    O que me deixa muito revoltado, principalmente por ser um formador de opinão (sou um professor) é a “palhaçada realizada pelo governo do PT nestes anos e a blindagem feita com Lula. Tentaram por anos ajustar e organizar o problema da saúde com a custa da antiga CPMF e HOJE declaram que os valores arrecados não foram para este fim!

    Tenho uma solução básica, aliás duas: diminuir drasticamente o custo da máquina federal (esta muito gorda) principalmente com a nomeação de irresponsáveis e começar a “quebrar as pernas” do PMDB.

    Esta é a clara revolta de um professor “demagogo” REVOLTADO DE SER PALHAÇO!

  2. Ela esta certa pois o PSDB cobrou CPMF durante anos e a Saúde era 10 vezes pior do que hoje com o PT sem CPMF.

  3. Dilma em discurso ontem, acusou Lula de desviar 70 MILHÕES da CPMF de 2003 a 2007, quando taxa da CPMF foi usada para outras coisas.

Comente