Uncategorized

Vereador suspende sessão para ir ao banheiro

Da Joice Hasselmann – Durante a votação que definiu a suspensão por até noventa dias do presidente da Câmara Municipal, o vereador Pastor Valdemir Soares (PRB) pediu a suspensão da sessão por quinze minutos. Ele alegou que teria um novo documento para analisar e causou polêmica entre os demais vereadores. Após o término da sessão, o vereador disse que na verdade pediu a suspensão para poder ir ao banheiro. “Na verdade eu precisava ir ao banheiro (risos)”.

A atitude do Pastor Valdemir Soares (PRB) irritou a vereadora suplente do conselho de ética, professora Josete. Ao final da sessão ela pediu a palavra para reclamar do vereador.

“Absurdo, no meio da votação, se fosse em outro momento tudo bem. Mas aí ia iniciar a votação e ele levanta. Ainda bem que não houve nenhum acirramento maior, mas se tivesse qualquer outro problema, se ele trouxesse um fato novo, isso viria em prejuízo. Achei um absurdo ele pedir e o presidente da comissão ter autorizado”.

O presidente do conselho de ética, vereador Francisco Garcez, disse que qualquer vereador tem o direito legal de pedir a suspensão temporária da sessão para analisar algo.

11 Comentários

  1. Levar uma mijada por causa de outra é uma sacanagem!

    Disseram que Josete a Terrível, toma suco concentrado de limão logo pela manhã!

  2. esse é o tipo de político que mente.poderia ter passado para o vice presidente e fuir a sessao normalmente.o que nao vale é mentir pra ficar no comando(pra quê??)qual a dificuldade nisso.
    gostei e gosto da postura da professora josete que entendeu e sentiu na pele como se fosse um de nós.:MAS RESPEITO CARO EDIL;TENHA POSTURA PRA QUEM ESTÁ AI NOS REPRESENTANDO( OU SERÁ QUE ESTÁ MESMO).?

  3. Tinha que ser um PTista para se irritar com colega ir ao banheiro, deve ser porque PTista não vai ao banheiro, guarda tudo na cabeça.

Comente