Uncategorized

Bernardo: ‘Ninguém vai bisbilhotar a imprensa’

Do Josias de Souza – O ministro petê Paulo Bernardo (Comunicações) disse meia dúzia de palavras sobre a moção aprovada em congresso do seu partido sobre a “regulamentação” da mídia.

Em entrevista à repórter Vera Rosa, Bernardo disse que não viu “nada de extraordinário na moção.” Acha que “está dentro dos marcos democráticos”.

Declarou que “ninguém vai bisbilhotar a mídia.” Ponderou: “Assim como a mídia pode criticar o PT, o PT pode criticar a mídia.”

A certa altura, Bernardo preocupou-se em esclarecer: “É importante separar a posição do partido da posição do governo. O PT tem posições e o governo tem um programa…”

“…A presidenta Dilma declarou com veemência em seu primeiro discurso, logo que foi eleita, que era defensora da liberdade de expressão…”

“…Aliás, a Constituição veda qualquer tipo de censura e controle do conteúdo jornalístico.” Ah, bom!

2 Comentários

  1. Até porque a imprensa está no pé dele, o que só faria piorar as coisas. Vida dura a vida da “capitar federá”.

Comente