Uncategorized

Pessuti está oficialmente
desligado da Assembleia

Do Blog da Joice

Orlando Pessuti está oficialmente desligado da Assembleia Legislativa. O presidente da Alep, Valdir Rossoni, fez o comunicado oficial do encerramento dos vínculos contratuais do ex-governador com a Casa nesta terça-feira (7). Em agosto deste ano, Pessuti foi convocado a comparecer à Assembleia para regularizar a própria situação. O ex-governador é veterinário concursado da Emater, mas estava lotado na Assembleia. Pessuti deixou o governo em janeiro deste ano e ainda está licenciado da Emater. Segundo ele, é uma licença sem vencimentos.

8 Comentários

  1. É bem verdade que as leis tem meandros que só especialistas conhecem, mas, de se perguntar: que outro funcionário efetivo e permanente dos quadros do Estado teria toda essa deferência ?

  2. Fazia o que na Assembleia?
    E a dona Pessutti ninguém fala nada? Continua na Assembleia cuidando dos arquivos como ninguém?
    E o dinheiro que o Pessuti recebeu sem trabalhar fica como está?

  3. O que o ex-servidor da Alep disse é mais do que óbvio, que está licenciado e não recebe vencimentos do seu empregador. E nem poderia ser diferente, ou queria que fosse? Tony

  4. Mas essas liceças da Emater são contínuas e intermináveis? Qualquer servidor público para conseguir uma licença precisa solcitar e aguadar a autorização. O máximo que a legislação permite são duas licenças consecutivas de três meses, ou uma licença de até dois anos, sem vencimentos. Está na hora do sr. Pessuti informar ao povo paranaense como é que está a sua situação funcional como servidor do estado.

  5. É incrível a cara-de-pau de senhores como esse aí da foto acima…
    Ele diz que sua licença é não remunerada… pois bem, como este senhor paga suas contas então??
    No poder, eles dizem que os vencimentos de governador são baixos, que vivem em dificuldades…
    Nem um trem cargueiro de óleo de peroba dá conta para lustrar tamanha desfaçatez…
    #EuVotoDistrital nestes picaretas…

  6. Armando Salustiano Responder

    Uma auditoria na vida desse Pessuti o transformaria em poeira cósmica no cenário político paranaense. Pergunte a quem o conhece bem na região de Ivaiporã e Jardim Alegre. Se quiserem ir mais longe, pergunte lá no Mato Grosso para o Toninho da Paz…

Comente