Uncategorized

Defesa de Delúbio Soares compara-o a Cristo!!!


Foto: Alan Marques da Folha

Do Blog do Josias de Souza

Jogado aos leões pelo PT, Delúbio Soares decidiu assumir o papel de cristão no processo do mensalão.

Nas “alegações finais” levadas ao STF por seus advogados, o ex-gestor das arcas espúrias do petismo assume um pecadilho.

Delúbio reitera a pantomima dos empréstimos do BMG e Banco Rural. E admite ter feito caixa dois.

Um crime conveniente, de penas leves. Melhor: considerando-se o tempo decorrido, já prescreveu.

Nos áureos tempos de vacas gorda$, Delúbio movia-se em carro blindado. Envergava ternos bem cortados. Degustava bons vinhos e sugava cubanos puros.

Na defesa ao STF, tornou-se outro personagem, um pobre sonhador. “Delúbio Soares dedica sua vida a um sonho”, anotaram os advogados.

Que sonho acalenta Delúbio? “Lutar por democracia, pluralidade, solidariedade, transformações políticas, sociais, institucionais, econômicas, jurídicas e culturais.”

Figura assim, tão idealista, não poderia menosprezar a democracia, a imprensa livre e o Parlamento. Ao contrário. Louva-os perante o Supremo.

Porém, o Delúbio heróico criado pelos advogados enxerga limitações no modelo. Atribui a aura de injustiça que o envolveu na CPI do Senado a tais imperfeições.

“Entre elas”, anota a defesa de Delúbio, “desponta a criação de estados emocionais coletivos, não privativos da democracia, que tampouco lhes é imune, como foi aquele que trocou Barrabás por Cristo, o que expulsou de Atenas o justo Aristides, o que levou Hitler ao poder na Alemanha.”

A alusão a Aristides é um exagero. Em vez de Hitler, uma menção a Goebbles, o mago da propaganda nazista, soaria mais condizente com a tentativa de negar o inegável.

Mas é na equiparação de Delúbio a Jesus Cristo que a defesa do ‘pau-pra-toda-obra’ do petismo alcança o paroxismo da perfeição.

Submetidos à analogia, os ministros do STF serão compelidos a formular hipóteses. Na melhor das hipóteses, Delúbio é mesmo um neo-messias crucificado.

Na pior das hipóteses, a honestidade perdeu todo o sentido. Vá lá que Deus escreva certo por linhas tortas. Porém…

Porém, nenhum messias que se preza faria uma aliança monetária com Marcos Valério para cobrir de mimo$ Jeffersons, Janenes, Valdemares e outros azares.

Deve-se, portanto, descartar a melhor hipótese. Antes, o STF deveria intimar o Todo-Poderoso a apresentar, também Ele, um punhado de “alegações finais.”

O signatário do blog apurou que o Padre Eterno já prepara um texto. O primeiro esboço ficou assim:

“Assumo todas as minhas culpas. Diariamente, contemplo a minha obra. E me pergunto: por que fui tão irresponsável? Por que agi assim, de afogadilho? Por que sete dias se tinha a eternidade?

Creio que pequei por excesso de confiança. Chamavam-me, já naquela época, de Todo-Poderoso. No começo, quando fiz o céu e as águas, achei tudo muito fácil. Tirei de letra também os peixes, as árvores, os animais…

A coisa começou a desandar no homem. Ao ver aquilo, disse a mim mesmo: isso não vai acabar bem. Pensei em desistir. Mas já tinha ido longe demais. E entregar tudo para Deus equivaleria, no meu caso, a jogar o abacaxi no meu próprio colo.

A Bíblia não conta, mas tentei uma última cartada. Desanimado, criei uma versão melhorada do homem. Chamei-o petista. Eu acalentava o desejo de que o petista, ao analisar os defeitos do mundo, pudesse ajudar-me a remendá-los.

Reconheço que talvez buscasse um milagre. Mas, se eu não tivesse fé em mim mesmo, quem mais teria? Hoje, aqui deste parapeito de nuvens, contemplo o Brasil. E me arrependo.

Bem verdade que os petistas já evoluiram. Houve tempo em que eles achavam que eram Eu. Agora, vejo na defesa do irmão Delúbio que os petistas já aceitam Jesus. Antes, aceitaram o Sarney. Cedo ou tarde acabarão aceitando a realidade.”

7 Comentários

  1. Essa gente do PT perdeu a noção das coisas. Estão se julgando acima do bem e do mal onde até um certo mensaleiro (dos grandes) tem local de reuniões com figurões da república não se sabe para que. Só nesse país mesmo. E ficam dizendo que seremos uma das maiores nações do mundo. Até pode mas às custas de nosso empresariado e não de nossa classe política. Principalmente desses que aí estão. Pobre Dilma que é até bem intencionada mas há que cuidar com essa turma. Que nível que o país está!!!!

  2. Na falta de melhor argumentação, o negócio foi apelar para Jesus. Mas como o próprio Delúbio sabe, é pecado tomar o santo nome em vão. Então se ele pensa que está fazendo a coisa certa, se engana, não é ofendendo Jesus que ele vai tirar o dele da reta. Tony

  3. Pois bem o sonho dessa pessoa virou o pesadelo de muitos , principalmente se ele abrir a boca.
    Se ele quer ser Jesus que o coloquemos na cruz para ver como fica, e só falta ele dizer a famosa frase final, PT porque me abandonas-te, ou para os menos crentes . Senhor elles não sabem o que dizem.

  4. Vigilante do Portão Responder

    Faz sentido,

    Quando Delúbio entrar, algemado, na penitenciária, e estiver ladeado pelo Zé Dirceu e pelo Lula, pode se dizer que imita JEsus:

    ….Com um ladrão de cada lado.

    KKKKK

  5. cidadã indignada Responder

    JÁ PRESCREVEU? E A FOME DS BRASILEIROS POR JUSTIÇA,SERÁ QUE PRESCREVE??????????????

Comente