Uncategorized

Eremildo, o idiota,
e Paulo Bernardo

Do Élio Gaspari na Folha

Eremildo é um idiota e, em agosto, quando estourou o escândalo do Dnit, ouviu o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, dizer o seguinte: “Num órgão que tem um orçamento de R$ 15 bilhões e que executa milhares de projetos em todo o Brasil, é normal que surjam irregularidades”.
O idiota ouviu o anúncio da Controladoria-Geral da União informando que, numa fiscalização de um montante de R$ 5,1 bilhões, acharam-se 66 irregularidades que somam R$ 682 milhões. Eremildo fez a conta: morderam a Viúva em 13%.
O salário do dr. Paulo Bernardo está em R$ 26.273. Se alguém lhe der uma tunga de R$ 3.500, ele dificilmente dirá que o mandrião ficou na taxa de normalidade.

4 Comentários

  1. Irmãos, hoje é domingo. Dia de ouvir a homilia do vigário-geral da paróquia de São Larapião, padroeiro do PT.

  2. Com o devido respeito a esse sofrido povo brasileiro, eu acho que o verdadeiro idiota, não é o Eremildo, e sim, todos nós, os brasileiros bem intencionados que temos os nossos direitos surrupiados – educação, saúde, transporte, moradia etc – e temos que agüentas essas ‘otoridades’ falando asneiras.

    “É normal que surjam irregularidades”, diz o ministro Bernardo, mas não é normal que isso aconteça com tamanha desfaçatez como vêm acontecendo nos últimos anos e, principalmente, fique sem punição.

    Pior ainda, sem a devolução do dinheiro roubado aos cofres públicos, como é comum e tem ficado demonstrado.

    Será por que essa gente que ascende ao poder sempre achando que o povo nada sente, nada vê, nada ouve e que, portanto, vale tudo?

    Então, para essa gente “a política é a arte de sugar às tetas da pátria sem dó nem piedade e o povo que se dane?”, seria isso? É esse o pensamento da nova elite política dominante?

  3. Indignado diz: por quê é que o nome do cara vem acompanhado do idiota? É porque só idiota acredita que o governo da companheira é composto só por gente honesta. Indignado

Comente