Uncategorized

Senador Sérgio Souza defende o sigilo eterno

Rogério Galindo da Gazeta do Povo – Reportagens publicadas durante o feriadão muitas vezes passam despercebidas. Por isso vale a pena relembrar aqui o resultado de uma pesquisa feita pelo repórter Heliberton Cesca, divulgada durante os dias de descanso da semana passada.

Sabem aquele projeto de lei que garante acesso às informações públicas no Brasil? Pois então: há 16 emendas no Senado tentanto aumentar o sigilo dos documentos oficiais no país.

E sabem por que isso tem a ver diretamente a ver com o Paraná? Porque metade dessas emendas partiu de um senador daqui: Sérgio Souza (PMDB), o suplente que Gleisi deixou tomando conta da cadeira enquanto ela cuida da Casa Civil.

Sérgio Souza apresentou pedidos de mudanças, inclusive, para restabelecer a possibilidade do sigilo eterno, que o projeto atual não prevê. Ou seja: certos documentos, o povo brasileiro poderia nunca ter o direito de ver.

O problema desse regime de suplência é que fica difícil até mesmo cobrar o atual senador pela sua atitude. Como você vai ameaçar tirar os votos de alguém que nunca recebeu o voto de ninguém?

O fato é que a atitude de Souza reproduz um perigoso pensamento da elite política brasileira, de que o povo deve ser deixado de fora de decisões importantes da política nacional. Isso seria coisa para uns poucos escolhidos.

O projeto atual, muito bom, inclusive, apenas nivela o Brasil com outras 90 nações que já preveem coisas do mesmo gênero: dão aos seus cidadãos a possibilidade de saber o que se passa a portas fechadas nos gabinetes da burocracia.

No caso de documentos ultrassecretos, prevê que podem ficar fora do alcance da multidão por 50 anos. Tempo mais do que suficiente para esfriar o ânimo em qualquer assunto, por mais polêmico que seja.

Quem não quer a aprovação do projeto assim simplesmente não gosta da ideia da transparência. Simples assim.

8 Comentários

  1. Estranho um cara que caiu de para-quedas no senado e não entende bulhufas deste assunto começar a enviar essas emendas ….
    Quanto será que ele está levando $$$$$$$$$ ???

  2. . Esse é nosso legítimo representante no Senado da República …
    . E tem jeito pra isso … rsrsrs

  3. É uma lástima quando vemos este tipo de atuação.
    Quero crer que quem está colocando essas emendas não o faria se estivesse no cargo do senador.
    Elas, além de tudo mais, são péssimas.
    Ou ele se assessora melhor ou vai passar para a história (caso ela o mencionar …) como parlamentar sem sombra ou, o que seria muito pior, como sombra de um parlamentar.

  4. Já opinei diversas vezes a respeito deste cidadão (Sérgio Souza) que
    de repente pulou do anonimato para o senado graças a esta legislação
    absurda que rege a política brasileira que se chama suplente.
    A prova da inabilidade é continuar defendendo este absurdo do sigilo
    documental. O ilustre “goiaba” deveria saber que a ditadura já acabou !!

  5. Paulo Henrique Turim Responder

    Atitudes como essa são uma afronta ao Estado Democrático de Direito. São um atentado contra a liberdade e a democracia remontando aos tempos da ditadura milita, totalmente contrárias a política do velho MDB de guerra. É um direito de todo o cidadão estar a par do que se passa em seu país, de saber da história do seu país. Sorte que temos fonte de informações (como esse site) para ficar a par do que nossos parlamentares fazem. Resta a nós, pressionar os mesmos para defender interesses do povo e não interesses ocultos. Sérgio Souza, estamos de olho.

Comente