Uncategorized

Greve nos Correios

Os funcionários dos Correios decidiram ontem, em assembleia, pela paralização da categoria. Com a medida, os serviços de distribuição e postagem estão suspensos. A estimativa do Sintcom-PR, que representa os trabalhadores, é de que aproximadamente 1 milhão de paranaenses sentirão os efeitos da greve. Para se ter ideia da confusão, na greve dos Correios de 2009 cerca de 3,4 milhões de objetos e documentos ficaram retidos nos Correios somente no primeiro dia da greve.

As reinvidicações dos trabalhadores são o reajuste e a reposição salarial da categoria, que defende uma margem de 7%, além de um reajuste linear de R$400. A greve dos Correios é movimento nacional. A categoria rejeitou a proposta apresentada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) que propunha reajuste de R$50 por trabalhador e uma reposição de 6,8%. Segundo o Sintcom-PR, a paralisação deve se estender para todas as cidades do estado.

1 Comentário

  1. O ministro Paulo Bernardo deve estar praguejando muito os sindicalistas que ele acomodou na direção e posições estratégicas dos Correios, para conter as paralizacoes e eleger prefeitos do PT em 2012. Para a primeira missão não deu Sr ministro. Agora resta apostar na segunda. Enquanto isso a institucao que os brasileiros mais confiam continua afundada na maior crise de toda a sua história.

Comente