Uncategorized

“Não precisamos de mais vereadores”, diz outdoor em Francisco Beltrão

Outdoor lembra população e incentiva a participar da votação sobre o aumento do número de vereadores de Francisco Beltrão. A foto é de Volzir da Silva Lima

Do G1 – Nesta segunda-feira (19), será realizada a segunda e última votação do projeto que visa aumentar o número de vereadores de dez para 15 na Câmara Municipal de Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná. A sessão está marcada para às 18h e será aberta à população. Para manifestar posição contrária, um outdoor com a mensagem “Não precisamos de mais vereadores” foi colocado na Avenida Antonio Silvio Barbieri, uma das mais movimentadas da cidade.

O internauta Volzir da Silva Lima enviou a foto para o G1 e explicou que a instalação do outdoor lembra que o projeto está sendo votado e incentiva a população a participar. “Eu acho interessante, porque a primeira votação foi mais entre eles, a população não sabia. Assim [com o outdoor] a população fica por dentro do assunto e procura participar”, disse.

Segundo Volzir, a cidade de 78.943 habitantes não precisa de mais vereadores. “A princípio não concordo, até porque a maioria dos vereadores que está lá nem sabe o que faz. Pelo tamanho de Francisco Beltrão, a quantidade de vereadores que tem está excelente. Eles já fazem pouco e se tiver mais só vai aumentar o gasto do município”, comentou.

Outras cidades

Em Foz do Iguaçu, na região Oeste, abaixo-assinados, outdoors e outras manifestações levaram os vereadores a retirar o projeto de aumento do número de cadeiras na Câmara Municipal de pauta.

Os municípios de Londrina, Apucarana e Jacarezinho também decidiram pelo não aumento do número de vereadores.

3 Comentários

  1. Indignado comenta: a sabedoria popular se faz presente neste outdoor, o povo sabe que não precisa de vereadores. Pena que eles se esqueceram de dizer que não precisam de nenhum vereador. A voz do povo é realmente a voz de Deus.

  2. Também sou contra mais vereadores. Em sua grande maioria, são alienados e capachos do executivo. Só entregam titulos de cidadão honorários, em grande parte pra que não merece. Porque não dão menção honrosa para o mais simples produtor rural, aquele que trabalha de sol a sol no cabo da enxada, na produção de alimentos, não pra figurão, aquele que muitas vezes de honradez duvidosa.

Comente