Uncategorized

Veneri pede arrego e ganha mais 20 dias de prazo para se justificar

O deputado Tadeu Veneri (PT) não conseguir responder aos questionamentos da ação popular movida contra ele por Edimar Rodrigues de Almeida Pegoraro, que questiona o uso irregular de R$ 75 mil em verbas de ressarcimento na campanha de reeleição de 2006. O prazo para responder, que era de 20 dias, venceu na segunda-feira. Veneri pediu mais tempo e obteve mais 20 dias para formular uma resposta.

A ação popular contra Veneri questiona a confecção de brindes, livros de promoção pessoal e culto a personalidade, boletins e despesas postais com fins de distribuir material eleitoral bancadas com verbas de ressarcimento da Assembléia, o que configuraria o uso dinheiro público para financiar campanha política.

Veneri, conhecido pela verbosidade caudalosa com que aborda qualquer assunto, e espalha suspeição sobre tudo e sobre todos, tem se mantido em um silêncio sepulcral sobre esse assunto. Além de não abordar o tema retirou da de seu site na Internet as notas fiscais relativas aos ressarcimentos da campanha de 2006.

5 Comentários

  1. Esse deputado é o rei dos machos quando se trata de caluniar os outros. Quando entra na roda ele é primeiro a pedir penico.

  2. Vanhoni está na marca do pênalti… Esse Tadeu Venério vai em seguida…. é a PTzada aíííííííí gente…

Comente