Uncategorized

Câmara rejeita novo imposto para a saúde

A Câmara dos Deputados concluiu a votação do projeto que regulamenta a destinação dos recursos para a área de Saúde pela União, Estados e municípios, conhecida por emenda 29. Os deputados rejeitaram o artigo que tratava da base de cálculo da Contribuição Social para a Saúde (CSS), inviabilizando sua cobrança. Na prática, o novo tributo foi rejeitado. O placar registrou 355 votos contrários ao texto da CSS, 76 a favor e quatro abstenções. O PT foi o único partido que defendeu a criação da CSS. A votação do projeto estava suspensa desde 2008, quando teve grande parte de seu texto aprovada pelos deputados. Agora, o texto seguirá para o Senado. As informações são da Agência Estado.

1 Comentário

  1. Chega de impostos pelo amor de Deus, o povo não suporta mais.
    Juro que este País esta precisando de uma guerra interna, para conseguirmos nos fazer ouvir e tirar todos esses corruptos do poder, são eleitos pelo voto dos cidadões e depois pouco a pouco começam a armar situações desesperadoras contra nós.
    Jovens acordem para a vida, não temos vidas de video game e nem de gatos, chega. Não vamos permitir que eles façam Leis que nós prejudiquem.

Comente