Uncategorized

Para Gisele, campanha da Hope era para ser apenas uma brincadeira

Do Ig

Uma sátira, uma brincadeira. É dessa maneira que a assessoria de imprensa da modelo Gisele Bündchen classificou a campanha “Hope ensina”, cuja veiculação foi pedida para ser suspensa pela Secretaria de Proteção à Mulher (SPM). Ligada à presidência da República, a secretaria considerou a campanha abaixo, na qual nas situações apontadas como certas a modelo aparece vestindo apenas sutiã e calcinha, sexista.

“Em momento algum imaginamos que ofenderíamos alguém com tal campanha. Nos foi apresentada a proposta e consideramos que se tratava de uma sátira, uma brincadeira. Lamentamos que algo que era para ser divertido tenha tido outra interpretação”, informou a assessoria da modelo, por meio de nota.

6 Comentários

  1. Parece que estao com inveja da bela Gisele uma das mulheres mais bonita do Brasil e ainda leva o nome do nosso pais alem fronteiras…

  2. jose alberto de toledo Responder

    Ministra
    Te preocupa com coisas maiores, censurar o belo.
    Como combater o cancer de mama e outros programas sociais.
    Esta estressada, mastigue água

  3. E as novelas da globo,ninguem assiste,mulheres sendo usadas como objeto.
    E daí Secretária?

Comente