Uncategorized

CNJ de novo em pauta

Voltou para a pauta de quarta-feira do Supremo o julgamento da ação, proposta pela Associação dos Magistrados Brasileiros, que pretende limitar poderes do CNJ.

No meio da briga com Eliana Calmon, Cezar Peluso pediu o apoio do STJ – e não conseguiu. Ligou para Ari Pargendler, presidente do STJ, e tentou convencê-lo de fazer uma nota oficial com críticas à ministra.

Por Lauro Jardim

1 Comentário

  1. A notícia da capa do Impacto desta sexta-feira é mais um exemplo de que as funções do CNJ não PODEM e não DEVEM ser esvaziadas.

Comente