Uncategorized

Fernanda Richa anuncia ampliação do programa Leite das Crianças

Nem tudo é política e polícia neste vale de lágrimas. Há boas novas. Fernanda Richa, secretária estadual da Família e Desenvolvimento Social, anunciou nesta sexta-feira (30) que vai ampliar o alcance do programa Leite das Crianças, passando a atender crianças de até seis anos. Hoje, o programa é para crianças de até três anos. O anúncio foi feito na abertura da III Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Paraná, em Curitiba.

“Com esta medida vamos garantir os nutrientes para um crescimento saudável e contribuir para a redução da mortalidade infantil no Paraná”, disse a secretária. A conferência, que reúne cerca de 600 participantes na sede social do Paraná Clube, marca a retomada da presença do Governo do Paraná nas discussões sobre a necessidade de garantir uma alimentação saudável e adequada a toda a população.

O encontro prossegue até este sábado, com o tema “Alimentação: Direito de Todos – Faça Valer Paraná”. Estão em discussão o Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional para o Estado e os municípios, além da implantação do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) nas políticas públicas dos governos.

“Não há desenvolvimento econômico nem inclusão social com carência alimentar”, afirmou Fernanda Richa, que acredita não ser possível atingir as metas permanentes de desenvolvimento sustentável sem erradicar as deficiências nutricionais que afetam parcelas significativas da população.

A secretária destacou que o Governo do Paraná iniciou os procedimentos de adesão ao Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional, que prevê a gestão intersetorial e participativa. O sistema possibilita a articulação entre os governos estaduais, municipais e federal para a implementação das políticas de segurança alimentar e nutricional no País.

Durante os dois dias de conferência, os grupos de trabalho e as plenárias de discussão seguirão três eixos temáticos: a Segurança Alimentar e Nutricional (SEN) e as questões sobre a terra; a água e a Agricultura Familiar, com enfoque na soberania alimentar; a SEN no cenário dos sistemas de saúde, assistência social, educação, equipamentos públicos de alimentação e nutrição (com enfoque no direito humano a alimentação adequada); e a SEN no cenário alimentar dos indígenas e povos de comunidades tradicionais do Paraná.

“Há cinco anos o Estado do Paraná não realizava uma conferência estadual como essa”, disse Fernanda Richa, destacando a importância da realização de um evento aberto à participação de todos os segmentos da sociedade e atento às necessidades apontadas.

4 Comentários

  1. E não podia ser diferente depois de diminuir voltar a atender novamente da forma que o governo anterior atendia é o minimo que poderia fazer.

  2. Programa do Requião!!! Quando esta turma vai apresentar alguma coisa que não seja do governo passado?

  3. augusto ferreira Responder

    Depois de acabar com o programa, agora anunciam que vão ampliar. Ampliar o quê?
    Eles alegam no site que estavam atendendo 34.083 crianças e que vão ampliar em 80%. Isso dá cerca 55 mil crianças.
    Ora, no governo passado eram atendidas 158 mil crianças por mês.

Comente