Uncategorized

Policial Militar baleada em festa morre no Hospital Cajuru


Luiz Henrique de Oliveira e Sidney Alves da Banda B

A Policial Militar Ana Paula Moreira Martinez, de 30 anos, baleada no bairro jardim da Américas, na última terça-feira (27), em uma tentativa de assalto, não resistiu aos ferimentos e morreu durante a tarde desta sexta-feira (30). A informação foi confirmada à Banda B pela assessoria de imprensa do Hospital Cajuru, onde a vítima estava internada.

O corpo de Ana foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba. Ela foi baleada quando ia até a casa do gerente social e de Marketing do Paraná Clube, Luis Carlos Casagrande, o “Casinha”, localizada na rua Frei Francisco Mont Alverne, no bairro Uberaba, em Curitiba.

No momento que Ana, sobrinha do gerente tricolor, estacionava o veículo Polo Prata, placa de Curitiba, em frente à casa do tio, observou que um desconhecido tentava pular o portão da residência. Ela, que trabalha no hospital da PM, tentou reagir ao assalto e foi baleada três vezes.

15 Comentários

  1. Bandido só entende no olho por olho. Meus sentimentos a família da policial, isto mostra a ousadia dos bandidos, que hoje não se contentam mais em só roubar, mas se acham no direito de tirar a vida das vítimas. Que Deus possa confortar esta família e que a justiça seja feito neste caso.

  2. Policiais continuam perdendo a vida defendendo a população e o governo do Estado não os valoriza e deixa de cumprir a Lei Emenda 29.

  3. Grande perda! ..desta excelente companheira de trabalho! ajudava a todos .. sempre prestativa sempre disposta a ajudar… Grande Policial ! grande pessoa .. que descanse em paz! em um lugar muito bom! pq aqui em baixo … é guerra!

  4. Os meus companheiros estão corretos quanto a esse tipo de administração que não valoriza pessoas e sim números. Qto a mim, gostaria muito de não ter que enterrar mais uma companheira de farda e colega de trabalho, falo da Soldado Ana Paula Moreira Martinez. No entanto, ficamos honrados pela postura do comandante geral da PM, do secretário de segurança pública, e do ex-governador Pessuti, dentre todos os outros companheiros que estiveram no velório e enterro da Ana Paula. Compartilhando os horrores e os louvores que a vida na caserna propicia. Acorda sociedade, a segurança afeta à todos nós, PMs, Civis, Políticos……

  5. Emerson a Emenda 29 determina a remuneração dos policias e bombeiros militares, policiais civis e advogados do estado, por subsídio, e também a exigência de curso superior para ingressar na PMPR.

  6. o Emerson apesar do momento não ser adequado, mas vale a correção, o seu comentário mostra como a sociedade está preocupada com os policiais, se informe um pouquinho e dirás menos asneiras

  7. S Y N F R O N I O. Responder

    Fico muito triste, Pois as Pm femininas, prestam um grande serviço e tem
    grande respeito da populaçao, meus pesames a familia, e a sua coorporaçao.

  8. Indignado pergunta: por quê a soldado reagiu ao assalto? Ela fez o contrário do que a própria corporação ensina, se assaltado, não reaja. E ela reagiu por quê? Talvez se não estivesse armada, não reagido. Andar armado dá uma falsa idéia de segurança. Aí dá no que deu, acaba-se no cemitério.

  9. Caro TONY…….
    Em primeiro lugar a Soldado ANA não reagiu ao assalto, o malaco viu a arma na cintura dela no momento que ele pediu para ela levantar as mãos.
    Em segundo lugar guarde esse comentário desprezível e ignorante pra quem tem estomago pra conversar com alguém sem informação como VOCE. Estamos todos de luto por que alem da ANA outro irmão de farda se foi, o SD MENDES, aí ter que ler esse seu comentário sobre um assunto que esta totalmente por fora… me POUPE.
    Fale sobre aquilo que vc conhece e esta por dentro… caso contrário se intere primeiro.
    Na policia se aprende a jamais julgar um irmão de farda depois de ocorrido uma situação, por que com cabeça fresca é facil tirar conlusões e julgar atitudes… Mas na hora que o bicho pega, adrenalina sobe, só quem ta na situação pode falar onde errou, se falhou, quem ta de fora, aprende com os exemplos.
    Quanto a andar armado, somos policiais, não só PODEMOS como DEVEMOS !!!

  10. Ao Tony.

    “O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer.”
    Albert Einstein

  11. Tony…
    Não fale bobagem.
    O policial tem o dever legal de agir.
    Ela fez o correto, e por isso tem o apoio de todos os policiais, não queira desonrar a memória de uma pessoa que contribuiu para a vida de toda uma sociedade,

  12. Tony vc é de uma infelicidade total com estas palavras, reagir está no sangue de um policial, mas acontece. Peça perdão pelas asneiras que escreveu.

  13. Será que a polícia, governo não enchergou ainda que bandido tem que ser morto? Não é possível prender, levar ao presídio e nós ficarmos sustentando estes vagabundos.Todos tem a chance na vida, mas tem que criá-las.Por favor não é possível que a polícia não consiga acabar com os bandidos, com a droga, que coisa.Que adianta orçamento para segurança, o remédio é o extermínio de bandidos.

  14. Tony…
    As informações são de que ela não reagiu. Não verdade nao teve tempo…
    Você nao estava lá, portanto…

Comente