Uncategorized

Câmara pune vereador que tirou a roupa com dez dias de suspensão

de Luiz Fernando Cardoso e Rosângela Gris do Diário de Maringá

O vereador John Alves (PMDB) foi punido pela Câmara de Maringá com dez dias de suspensão por ter tirado a camisa durante a sessão da última quinta-feira (29). O pedido de suspensão proposto pela Mesa Executiva foi aprovado por 12 votos na sessão desta terça-feira (4).

Antes do início da votação, John Alves pediu desculpas aos demais vereadores pelo ato tomado para impedir a votação da revogação do artigo 39 do polêmico projeto das casas geminadas e solicitou ao presidente da Câmara, Mário Hossokawa, que permitisse a sua saída do plenário durante a votação do pedido de suspensão.Com a permissão da Mesa Executiva, o vereador deixou o plenário e adiantou que não iria recorrer da decisão.


Os vereadores de oposição Mário Verri (PT), Humberto Henrique (PT) e Marly Silva (DEM) votaram favorável a suspensão sob protesto por considerarem a pena muito branda. Os três, assim como Manoel Sobrinho (PC do B), queriam a cassação de John Alves e protocolaram um ofício cobrando providências da Mesa Executiva na segunda-feira (3).

Mário Verri disse ainda que o PT estuda entrar com uma representação solicitando a criação de uma Comissão Processante. O assunto deve ser discutido em uma reunião nesta quarta-feira (5).

3 Comentários

  1. Ótimo, aplausos. Isso demonstra aos cidadãos que pagam impostos e sustentam os políticos, que é possível punir rápida e exemplarmente também os corruptos. Vamos mostrar esse exemplo da Câmara de Maringá para o resto do Brasil, principalmente para a Câmara Federal e o Senado.

Comente