Uncategorized

Parada LGBT atrai 1,5 milhão de pessoas a Copacabana


Foto: Fabio Rossi

Marco Grillo no O Globo
Cerca de 1,5 milhão de pessoas participam da 16ª Parada de Orgulho LGBT, na Praia de Copacabana, na tarde deste domingo. A estimativa de público é dos organizadores do evento, que este ano reune 15 trios elétricos ao longo da orla. O tema deste ano é “Somos Todos Iguais Perante a Paz – Toda Forma de Violência Deve Ser Crime”.


Foram montadas tendas de distribuição de preservativos e materiais informativos sobre cidadania e doenças sexualmente transmissíveis.

O presidente do Grupo Arco-Íris, Júlio Moreira, discursou para os participantes da parada de um dos trios elétricos. Ele criticou o governo federal pela decisão de não distribuir às escolas públicas do país os chamados kits anti-homofobia. Os kits fariam parte do programa Escola Sem Homofobia e continham material didático-pedagógico direcionado aos professores. O objetivo era dar subsídios para que eles abordem temas relacionados à homossexualidade com alunos do ensino médio. Dizendo achar inadmissível a decisão do governo, Moreira pediu ao público em Copacabana que vaiasse o governo.

A Guarda Municipal do Rio deslocou 291 guardas, sendo 50 de trânsito, para fazer o policiamento no evento. Os guardas estão atuando no controle urbano, na fiscalização de posturas municipais, nas ruas, na areia da praia, nas barreiras de contenção de ambulantes e no controle do trânsito.

3 Comentários

  1. Que País é esse! Fazemos uma marcha de um milhão para as questões da segregação, muito justo. Não conseguimos juntar 100 mil para combater os corruptos?!
    Agora gostaria de conclamar este grupo tão efetivo e combatente, para além da sua pauta da busca da dignidade, também participarem das soluções dos problemas sociais graves que vivemos, sendo no meu modo de ver hoje, a CORRUPÇÃO o mais relevante deles. Lá em Brasília tem um pastor que novamente está envolvido em corrupção, levando recursos importantes para as necessidades da população, certamente mais rico e mais poderoso, ataca sistemáticamente este movimento pela dignidade.
    O povo brasileiro teria uma gratidão eterna ao grupo LGBT, se eles levantassem essa bandeira e colassem nos corruptos, porque convenhamos eles precisam ser escrachados!!!!

Comente