Uncategorized

Bibliotecária com câncer é demitida pelo Positivo

O Sindicato dos Bibliotecários do Paraná está indignado. A Universidade Positivo pode enfrentar processo judicial, além de campanha pública contra a sua decisão de demitir uma funcionária que sofre de câncer. A demissão levou a funcionária à depressão e agravou a enfermidade.

Agora o Sindicato tentará por meio de medidas judiciais tomar providências para diminuir o prejuízo, moral e psicológico, causado à bibliotecária.

46 Comentários

  1. Moralmente, socialmente e humanamente, o ato é reprovável e uma barabaridade,poderiam mantê-la sem grandes custos , mas a empresa está no seu direito constitucional ,porque CLTistas podem ser desligados a hora que o patrão quiser, desde que :

    0) Cumpram o determinado por CLT, FGTS,ACT e normativos internos
    1) Paguem verbas recisórias , se sem justa causa
    2) Provem adequadamente a justa causa, se ao contrário.

    vide : Potestatividade

  2. Valeria Ruppell Responder

    Excelente a comunidade tomar conhecimento da postura acerca de tema tão relevante e crucial como o desprezo aos funcionários doentes ! No mínimo desumanidade chegando ao cúmulo da discriminação !
    Como mãe de um pré adolescente , repudio uma ” instituição de ensino ” com postura tão temerária ! Vamos reavaliar !

  3. Se todos os pais de alunos , que já enfrentaram essa doença se posicionassem contra , eles teriam que voltar atrás desta barbaridade !!! Que vergonha !!

  4. Ato totalmente reprovável para uma instituição de ensino que deveria ensinar valores como ética aos alunos agir de uma maneira oposta a essa.
    A Universidade Positivo deve voltar atrás imediatamente e recontratar a funcionária.

    Henrique

  5. Juridicamente muitos atos são corretos. Moralmente um absurdo !!!O comentário do Zé é legalmente correto , porém desconhece a legislação em relação a discriminação e assédio moral !!
    Se você tem na família uma caso de câncer , não vai querer que o doente passe por isso !!! Tanto à se preocupar …. Que vergonha para os “educadores ” do Grupo !!!

  6. Bom saber deste fato !!! Estou me mudando agora par Curitiba e neste colégio não ponho meus filhos !!! Já passei por isso e não vou compactuar !!! Que absurdo !!!

  7. Uma Universidade que se diz formadora de profissionais, ONDE ESTA a ËTICA desta Instituição ??? Vergonha……

  8. A julgar pela baderna e pela falta de educação e de respeito protagonizadas na Semana da Pátria por cerca de 200 alunos do Colégio Positivo que comemoravam a formatura da 8ª série hospedados no Aguativa Resort, dá para entender os “valores” ensinados e não dá para estranhar a demissão.

  9. cidadã indignada Responder

    Infezmente essa é uma atitude de quem não tem um ato de solidariedade…………eu que jamais queria ser aluno ou professor desta instiutição…………..é uma falta de respeito com o ser humano………….

  10. Espero que os meios de comunicação não deixem isso barato !!!! A comunidade exige explicação !

  11. Não bastasse este absurdo, agora tivemos notícia de que o melhor professor de Biologia do Ensino Médio, foi demitido hoje á tarde, sem nenhuma explicação. Realmente, este Grupo está ruindo !!

  12. Acompanhei o trabalho desta funcionária desde a época em que ela trabalhava na PUCPR,uma excelente e exemplar funcionária.Percebe-se claramente, que houve algo perseguição…inveja … Precisamos ,enquanto, comunidade externa , nos unir.

  13. ADEMIR BENEDITO ALVES DE LIMA Responder

    Ética é assim que uma empresa deve ser. Mas a julgar pela educação tanto pública como privada em no Brasil, estamos longe de comportamentos dignos . Minha esperança é que o Sindidicato dos Bibliotecários do Paraná se una com a Associação de Bibliotecários do Paraná e consiga de fato uma ação judicial exemplar para esse caso.

  14. Um absurdo.

    Uma instituição que cobra juros absurdos por um dia de atraso nas mensalidades e os valores acima da média demitir uma funcionária com cancer é totalmente inadmissível. Parece que lá só funciona a lei do dinheiro o resto é resto mesmo.

    Gritante a atitude dos mandantes da instituição. Total desrespeito com o ser humano.

  15. Uma Instituição de Ensino, formadora inclusive de profissionais da área Médica, certamente por esta atitude, não tem um perfil Ético e de Respeito pelo ser Humano e principalmente por seus funcionários !! Como diz o ditado; “Nem tudo que Reluz, é Ouro”, principalmente os atos irresponsáveis da sua direção !
    Que vergonha “Universidade Negativo’!!!

  16. Realmente, faltam valores humanos para esta instituição.
    São muitos absurdos que se ouvem falar desta empresa !

  17. saul de Lima Brenzink Responder

    Infelizmente o país padece com irresponsabilidades de todos os gêneros. É preciso fiscalizar mais e melhor as condições as quais são submetidos os trabalhadores no Brasil e punir com rigor empresas que agem desta maneira.

  18. Uma Universidade que não tem um órgão nem pra representar seu corpo Discente não se pode chamar de Universidade. Na Universidade Positivo além do C.A de Direito estar sendo criado somente agora, não há um DCE, uma vergonha….

  19. Esta é uma Universidade que tem no marketing, no visual e na propaganda o discurso da qualidade. Que ela está pouco se importando com a funcionária não é nenhuma novidade. Em jan 1998 fomos demitidos ( quase 70 professores) porque estavam se transformando ” em centro universitário” ,muitos com longos anos de caso, homenageados em formaturas etc. Tres meses depois fui convidado para voltar porque ” os mestres e doutores” não aguentaram o repuxo
    Para mim a atitude do Positivo não é nenhuma novidade, embora seja lamentável

  20. Murillo Martins Responder

    Dr reitor e o diabo a quatro Oriovisto Guimarães, perseguido pela ditadura, ex-comuna, aparece direto posando de bom samaritano nas colunas sociais. O dono do Positivo merecia aparecer na primeira página da Tribuna.

  21. Amigos,
    a grande maioria dessas instituições só valorizam as pessoas que a cercam, quando essas pessoas lhe dão um retorno FINANCEIRO, se vce é aluno é o seu boleto mensal que tem mais valor. Se vce é funcionário, é apenas mais um na folha de pagamento que será prontamente desligado no momento que não conseguir mais desempenhar suas funções. Portanto pessoal, isso não me surpreende, são tão ligados no verdadeiro ofício que é FORMAR PROFISSIONAIS que a grande maioria, . de estudantes que saem destas instituições não prestam para pregar o próprio quadrinho de formatura na parede. Verdadeiros incompetentes vítimas de instituições mais incompetentes ainda. Esse é o ensino no Brasil, que não prega nem moral quanto menos CONDUTA.

  22. Que horror, não há justificativa para a atitude da empresa. Ela pode ter agido dentro da lei, estar coberta por n razões, mas demitir uma pessoa doente não se faz. Duvido que aqueles que defendem a empresa não fossem tomados de uma santa ira se, a empresa derrubasse as árvores que tem ali no Champagnat. Aí estariam todos loucos, arrancando os cabelos contra o crime ambiental cometido pela empresa. E uma pessoa doente não vale mais do que todas as árvores do Champagnat? ACarlos

  23. Fabiano Ferreira Responder

    Infelizmente as instituições de ensino superior não se preocupam com a qualidade de ensiono e sim com as mensalidades abusivas. Estudantes,funicionários e professores são apenas números.

  24. Luzia Glinski Kintopp Responder

    Uma empresa desse porte, não deveria cometer um erro tão grosseiro, e assumir uma atitute tão arbitrária, desvalorizando totalmente a profissional. Que pena, essa empresa caiu e muito no meu conceito. Isso no mínimo é uma falta de humanidade e respeito.

  25. Empresa que não merece o respeito da comunidade acadêmica !!! Imaginem qual o nível de profissional sai desta instituição ! Vergonha para direção que se diz tão qualifucada !!! Gentalha !!

  26. A base da sociedade é a educação. E infelizmente a educação tem sido apenas comercializada. Educar é transmitir valores, respeito, cidadania. Meus filhos jamais estudarão nesta instituição e minha propaganda boca a boca não terá nada de positivo! Sé é assim que eles tratam seus colaboradores, que estão lá oferecendo o melhor de si, trabalhando pela instituição, só lamento!

  27. Os dirigentes da Universidade “Positivo” que tomaram a decisão de demitir uma funcionária portadora de uma doença tão grave, deveriam sofrer execração pública pela atitude. O seu proprietário, que se orgulha da construção de uma instituição tão moderna, internacional e poderosa, a partir de um simples cursinho, e que se vangloria da sua missão ( ver site da UNICENP) de “formar cidadãos e profissionais comprometidos com o saber, com a ética, com o trabalho e com o progresso, e contribuir com o desenvolvimento econômico e social, com vistas à construção de um homem e um mundo melhor…… O verdadeiro trabalho não se faz só com as mãos, mas também com a razão e o coração; enquanto trabalha, o homem transforma a natureza, a sociedade e, principalmente, a si mesmo”. e deveria aplicar estes valores neste caso (administrar com a razão e com o coração) e recontratar imediatamente a profissional. Do contrário, será totalmente falsa a mensagem contida no site e milhares de estudantes e pais estão sendo enganados há anos. E para mim o Sr. Oriovisto Guimarães, passará a ser o senhor MALVISTO GUIMARÃES.

  28. Carlos Henrique Responder

    Boa tarde, trabalhei na instituição e conheço a pessoa em referencia, pelo que fiquei sabendo a pessoa já tinha recebido alta do médico e já estava apta para trabalhar, sobre o lado pessoal era uma pessoa sempre amargurada e sempre reclamando nunca estava contente

  29. Acho que vc , Carlos Henrique , não deve ter conhecimento algum sobre legislação , assédio moral e muito menos deve ter noção do que está falando ! Opiniões pessoais sobre esse caso são dispensáveis , visto que é uma questão judicial e legal e não ” fofoca de marocas ” ! Qual seu nível de formação pessoal e intelectual ??? Talvez vc combine muito bem com a instituição e seus dirigentes !!! NEGATIVO , Carlos Henrique !!!!

  30. Letícia Varela Ciscatto Responder

    Uma atitude dessa vinda de uma instituição que forma médicos é completamente despresível e vergonhosa! As mulheres tem seus direitos os quais devem ser respeitados ainda mais em uma situação como essa! Percebe-se a falta de sentimento e consideração da empresa com a funcionária!

  31. Valéria Rüppell Responder

    Olha o tipo de funcionário essa empresa tem !!!! Comentário superficial , Carlos H. !!! Espero que vc ou sua família jamais passem por essa situação ! Mas ….

  32. Que cara mané !!!! Comentário de mulherzinha , cara !!!! Se manca que o caso é sério , não é coisa pra mané !!!

  33. Isso não vai mudar nunca, fui outra vitima, com outro tipo de doença, me mandaram embora sem ao menos uma explicação, agora estou correndo para ter os meus direitos, pois nao vou deixar uma empresa como esta denegrir a minha imagem,que a justiça seja feita com todas essas pessoas que por um motivo ou outro foram mandadas embora no momento onde deveriam ter mais atenção da empresa. O que me revolta mais é que estudei e sou formada la, pra mim era uma instituição de valores e eticas mas hoje percebo que para eles o mais importante não são as pessoas e sim a estrutura da empresa.

Comente