Uncategorized

“Um dia histórico para Curitiba”, diz Ducci

O prefeito Luciano Ducci declarou que hoje é um dia que entra para a história de Curitiba. “É o dia em que nós, curitibanos, conquistamos o nosso metrô. Uma grande vitória, um grande avanço, um sonho que agora vira realidade. Este dia é histórico, também, porque o metrô representa o maior investimento já feito num único projeto nesses 318 anos de fundação da nossa cidade. R$ 2,5 bilhões. Um investimento bilionário, conquistado com uma grande parceria entre a Prefeitura de Curitiba, o Governo do Paraná e o Governo Federal”, afirmou Ducci.

Leia na íntegra.

Hoje, 13 de outubro de 2011, é um dia que entra para a história da cidade de Curitiba.

É o dia em que nós, curitibanos, conquistamos o nosso metrô.

Uma grande vitória, um grande avanço, um sonho que agora vira realidade.

Este dia é histórico, também, porque o metrô representa o maior investimento já feito num único projeto nesses 318 anos de fundação da nossa cidade.

São 2 bilhões e 250 milhões de reais. Um investimento bilionário, conquistado com uma grande parceria entre a Prefeitura de Curitiba, o Governo do Paraná e o Governo Federal.

É uma data especial, ainda, porque é a primeira visita oficial da presidenta Dilma Rousseff a nossa cidade.

É uma visita que nos honra muito, presidente Dilma.

Eu quero agradecer a todos. Ao Governo Estadual, ao Governo Federal e toda a sua equipe, que sempre nos recebeu com muito profissionalismo e atenção.

No Ministério do Planejamento, com a ministra Miriam Belchior; no Ministério das Cidades, com o ministro Mário Negromonte, ambos nos dando grande apoio. Na Casa Civil, com a ministra Gleisi Hoffmann, que tem sido uma grande amiga e parceira nossa. O ministro Paulo Bernardo, hoje nas Comunicações, mas que também foi nosso grande interlocutor desde o início desta caminhada, pois ocupava anteriormente o Ministério do Planejamento.

Esse agradecimento especial vai também a minha equipe, que trabalhou muito, mas muito mesmo, para que este projeto acontecesse.

Hoje, Curitiba está em festa por uma grande conquista para todos os curitibanos, o nosso metrô. Um grande desejo, um sonho antigo.

Um sonho que começou ainda na gestão do meu amigo, parceiro de tantos anos, o nosso governador Beto Richa, que mantém o mesmo carinho e atenção a nossa cidade.

Estamos aqui juntos para celebrar essa grande vitória, resultado de planejamento, determinação, e da boa receita da competência curitibana, com a qual conquistamos o respeito técnico e político do governo da presidenta Dilma Rousseff.

Acredito ser justamente este respeito que tem possibilitado o repasse de recursos por parte do Governo Federal para importantes realizações em nossa cidade, em todas as áreas.

Na área da Saúde, um bom exemplo é o Hospital do Idoso, um modelo para o País, um modelo para o paím, que construímos juntos, em outra parceria da Prefeitura, do Governo Federal e do Governo do Estado. E queria, presidente Dilma, convidá-la desde já para a inauguração em 19 de março.

A Habitação é outro exemplo dessa parceria, com o Governo Federal, com a Caixa Econômica, aqui representada pelo superintendente Hermínio Basso e sua equipe Uma parceria que tem dado muito certo.

Nunca se construiu tanto em Curitiba para atender à população de baixa renda como nos últimos anos. Além de garantir moradia própria a milhares de famílias, também tiramos milhares delas de áreas de risco, da beira dos rios, e as levamos para uma casa digna e segura.

Curitiba, com muito orgulho e empolgação, será uma das sedes da Copa de 2014.

E é, também com o apoio dos Governos Estadual e Federal, que temos obras importantes de mobilidade urbana. Obras que vão deixar a cidade ainda melhor para o Mundial, mas que ficarão como legado para todos os curitibanos.

É a esse legado que vai se somar o Metrô.

O nosso Metrô é parte de uma estratégia maior de modernização, de avanço, de renovação completa do sistema de transporte público da nossa cidade, um sistema que é referência para o mundo.

Estamos implantando mais e melhores ônibus, revitalizando trajetos, exigindo das empresas mais qualidade e respeito para com os curitibanos que utilizam o sistema.

Vamos revitalizar todos os terminais, levar o Ligeirão, o maior ônibus do mundo, movido 100% a biocombustível, a novos eixos, trazer a modernidade ao alcance dos passageiros.

No ano que vem, Curitiba será a primeira cidade da América Latina a incluir em sua frota o Hibribus, ônibus elétrico e a biocombustível, fabricado em Curitiba, e que reduz em 80% a emissão de poluentes.

E estamos fazendo tudo isso de forma rápida e eficaz, de maneira mais barata e, principalmente, ouvindo as pessoas.

Estamos também investindo como nunca em uma completa renovação do sistema viário, com 10 grandes obras, em diversas regiões de Curitiba.

Obras para aumentar a fluidez e a segurança de quem se move pela cidade.

O desafio não é fácil. Entram, a cada semana, 1.140 novos automóveis no trânsito de Curitiba.

Proporcionalmente à população, Curitiba tem mais carros que São Paulo, com 0,7 automóvel por habitante.

Isso quer dizer que uma criança que nasceu hoje já nasceu com dois terços de um carro.

Essa possibilidade, de hoje mais curitibanos, de mais brasileiros, terem acesso ao carro próprio, é uma conquista e um direito de todos, ao mesmo tempo em que aumenta o desafio do poder público de atrair as pessoas para o transporte coletivo e para outros meios sustentáveis.

Por isso também fazemos diversas ações para os ciclistas, numa cidade que já tem 120 km de ciclovias. Um exemplo é a inclusão de ciclofaixas ou ciclovias em todas as nossas revitalizações e novas obras viárias.

Aliás, quero anunciar aqui, em primeira mão, que no domingo, dia 23, vamos lançar o Primeiro Circuito Ciclofaixa de Curitiba, na região central da cidade.

É nesse conjunto de inovações que chega o metrô, para se transformar, desde já, em um marco de planejamento e evolução urbana.

O metrô em Curitiba será um novo modal, que funcionará de forma totalmente integrada ao nosso sistema atual de transporte e, de forma inédita, com tarifa única para os passageiros.

O transporte por baixo da terra é seguro, rápido, confortável, não tem cruzamentos e nem produz poluição. O metrô, na primeira fase, vai atender mais de 400 mil curitibanos.

São curitibanos que vivem e trabalham ao longo do eixo que mais cresceu no sistema de transporte, entre a CIC-Sul e a região central da cidade, onde teremos uma estação na nossa tradicional e charmosa Rua das Flores.

O curitibano que embarcar no Pinheirinho descerá na Rua das Flores em menos de 25 minutos. Sem a preocupação de dirigir, sem que o seu carro emita um só grama de carbono, sem se preocupar com nada a não ser com a leitura que desejar naquele breve espaço de tempo. E, ao final do dia, voltará mais cedo para a sua família.

Na superfície, onde hoje trafegam os ônibus na canaleta, os curitibanos verão nascer um parque linear com ciclovias, áreas de lazer, de esporte, de convivência.

O concreto da pista que hoje suporta os ônibus vai passar a ser cenário de crianças em suas brincadeiras, das bicicletas em espaço nobre, cenário de natureza em que devolveremos aos curitibanos o melhor da sua cidade.

A obra do metrô vai movimentar a nossa economia e favorecer o meio ambiente. A estimativa é que 2 mil sejam gerados no pico das obras.

Os 110 ônibus que circulam hoje no trajeto deixarão de rodar quase 20 mil quilômetros todos os dias. Isso significa menos 8 mil e 500 toneladas de gás carbônico por ano na atmosfera, além da redução da poluição sonora.

Sabemos que o metrô, em países que alcançaram o desenvolvimento antes do nosso, é, há muito tempo, o melhor transporte possível para a população. É essa realidade, neste tempo de desenvolvimento do Brasil, para a qual trabalhamos diariamente porque a nossa gente merece o que há melhor.

Quem tem sonhos precisa sonhar todo dia. Eu acredito em uma cidade que, a cada dia, dá passos largos para realizar os seus grandes sonhos.

É assim que fizemos Curitiba grande.

É assim que, não tenham dúvida, nós vamos continuar!

Hoje, esse grande sonho de um dia-a-dia melhor para todos os curitibanos começa a virar realidade.

Obrigado governador Beto Richa.

Obrigado presidenta Dilma.

Volte sempre a nossa cidade, trazendo boas notícias!

Obrigado a todos.

Que Deus nos abençoe!

12 Comentários

  1. Esse é um exemplo de que quando há diálogo, quando o interesse público está acima de ideais político-partidários, o benefício chega a toda a população. Os governos federal, estadual e municipal estão de parabéns. Só precisamos agora utilizar muito bem esses recursos conquistados.

  2. Esse prefeitinho tem mesmo é que aproveitar o mandato tampão…vai entrar para história como o Orlando Pessuti da capital!

  3. salete cesconeto de arruda Responder

    Fabio
    O mais incrível foi ver a tucanada beijando a mão do nossa ESTRELA!

  4. Tenho orgulho de ser nascido, criado, e lutado sempre em favor de Curitiba, o Metro finalmente saiu do Papel, sei o quanto O Prefeito Ducci, tem trabalhado nesta questão que transformará a cidade em todos os sentidos!

  5. Esse prefeito ta mais pra Marrone do qualquer coisa. Pelo amor de Deus, alguém “arrume” a dicção desse homem!

  6. SALETE CESCONETO DE ARRUDA, voce ta igualzinha as PT aqui da minha cidade, não conseguem se conformar com a vitória do PSDB, estão vendo o país mergulhado na corrupção que o PT do LULA promoveram e sustentam até hoje e, mesmo assim não conseguem se conformar, enfiam a cabeça num buraco como avestruz e ficam criticando quem de fato trabalha. Voce deve ter levado um laço bem grande nas eleições do Beto (competente)Richa, vem daí toda a sua frustração. Depois de passar por Curitiba, com certeza a ESTRELA vai mudar muitos conceitos sobre administração pública, sobre governar com honestidade, essas coisas fundamentais para quem lida com dinheiro público.

  7. S Y N F R O N I O. Responder

    Essa Salete e uma bobona, A Dilma e a presidente da Republica, em visita a
    um grande estado da federaçao, que apesar de serem de partidos diferentes
    ideologicamente, nao estao em situaçao de Guerra, os personagens envolvidos
    cada qual na sua, estavam desempenhando os suas funçoes autorgadas pelo
    povo paranaense nas ultimas eleiçoes.

Comente