Uncategorized

Cinzas do vulcão chegam a Curitiba

Moradores do Litoral e de Curitiba avisam sobre fina camada de cinza. Fenômeno não foi detectado por radares meteorológicos.

Da Agência Brasil:

As cinzas do vulcão chileno Puyehue chegaram ao Paraná. Há relatos de moradores que telefonaram para o serviço de meteorologia do estado (Simepar) informando sobre uma fina camada de cinza sobre os carros no município de Paranaguá. Em Curitiba, há relatos de cinzas sobre carros nos bairros Bacacheri, Cristo Rei e Mercês. No entanto, embora seja possível, o meteorologista Paulo Barbieri não soube precisar se realmente se trata de cinzas vulcânicas, já que o fenômeno não foi observado por radares meteorológicos paranaenses.

As cinzas ainda estão sobre algumas regiões de Santa Catarina, mas em uma proporção menor que ontem (18). O radar meteorológico do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia constatou a ocorrência de cinzas no município de Campos Novos, no meio oeste do estado.

Segundo o meteorologista Clóvis Correa, as cinzas chegaram ao estado trazidas por jatos de ventos que se deslocam do Sul do Chile em direção ao Sul do Brasil. Elas, inclusive, atuaram como núcleos de condensação que favoreceram o processo de chuva em Santa Catarina na tarde e noite de ontem. “Temos ainda a opção de análise das cinzas, como já foi feito em Santa Catarina, mas isso ainda não ocorreu”, disse. O meteorologista confirma que a direção dos ventos, Sul-Sudeste, favorecem ao deslocamento de cinzas provenientes do Chile.

7 Comentários

  1. Vixi….. segundo algumas informaçoes, as cinzas vulcanicas são extremamente cancerígenas, por conter enxofre e metais pesados.

  2. Caiobá inteira está recoberta por estas cinzas.É visível as partículas em carros e calçadas.

  3. jorge altair barbosa Responder

    Meu carro é preto, passou a noite fora da garagem e amanheceu coberto de
    cinza. Mandei lavar, mas mesmo assim ficaram pequenas manchas no capô que não sairam com cêra. Vou ter que mandar polir. Pergunto se alguém mais teve este problema.

  4. Segundo minhas fontes, foi o Ministro Orlando que mandou as cinzas para Curitiba… Segundo ele, a fonte, elas estariam na garagem do ministro e não tinha onde depositar #orlandosilvafacts

Comente