Uncategorized

Sandisk inaugura fábrica de pen drive em Londrina

Os tempos das vacas magras no Paraná ficaram, definitivamente, para trás. Os anúncios de instalação de empresas no estado pipocam cada dia. Ontem foi a montadora chinesa Sinotruk que confirmou estar em negociações avançadas com o Governos estadual e federal. Há quem diga que faltam apenas pequenos trâmites para a confirmação do empreendimento.

A edição de hoje do jornal Valor Econômico traz a inauguração da primeira fábrica da multinacional Sandisk fora do eixo Estados Unidos-Ásia. A fábrica está em Londrina e vai produzir pen drives para o mercado brasileiro e para o Mercosul. São mais 120 empregos diretos com capacidade para a montagem de 1 milhão de unidades por mês que pode ser ampliada para 3 milhões com novas contratações e turnos de trabalho.

São empresas que se somam a Cargill, Renault, Sumitomo, Caterpillar, Masisa e outras tantas que vem às terras das Arucárias aproveitar o bom ambiente de negócios criado por um Governo aliado do capital privada e que de fato se interessa na geração de empregos e no desenvolvimento das cidades. Sai o discurso populista, entram ações concretas.

9 Comentários

  1. Que bom ver que o nosso governador Beto Richa está realmente interessado em trazer novas empresas para o Paraná. Acabou o descaso e o abandono do nosso estado, que sofreu 8 anos na mão do Requião.

  2. Eu não aguentava mais aquela história de “…velho MDB de guerra”, com aquela voz rasgada de raposa velha.

    Vamos ver se agora a coisa anda.

  3. Tem tbém a Paccar, a ampliação da Tetra Pak, Bunge e Hubner, e a nova fábrica da Klabin.

  4. É…PENA QUE O GOVERNO NÃO CONSEGUIU SEGURAR A EMPRESA NORUEGUESA EM PONTAL DO PARANÁ.

  5. Poderia ser melhor…perdemos a Nissan para o Rio de Janeiro, e a Volkswagen acabou de anunciar a nova fábrica no estado de Pernambuco. Não se pode ganhar todas, porém se a BMW vier para cá o gostinho será especial. A Foxconn está dificil, pois além da Dilma ser mineira, ainda tem o tal do Fernando Pimentel que faz das tripas coração para levar a gigante da informática Belo horizonte. É um bom momento da economia paranaense, pelo menos depois de oito anos de estagnação as boas noticias voltaram.

    Um abraço Fábio!

  6. È assim que se faz, os tempos da demagogia, da calúnia, da perseguição aos adversários ficou para trás. Precisamos recuperar os 8 anos em que ficamos condenados ao atraso, por causa das idiossincrasias do desgovernador do tempo das cavernas. ACarlos

Comente