Uncategorized

Ibama autoriza dragagem do Canal da Galheta

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) expediu nesta quarta-feira (26) licença de instalação para que a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) realize a dragagem de manutenção dos pontos críticos do Canal da Galheta. Com isso, a Appa lançará, nos próximos 15 dias, o edital de licitação para a contratação da draga que irá realizar o serviço.

A dragagem irá restabelecer a profundidade original do Canal da Galheta, que é de até 15 metros, permitindo que navios de maior calado naveguem em Paranaguá. Hoje, a Capitania dos Portos autoriza que navios com calado de até 11 metros naveguem pelo Canal da Galheta durante o dia e, durante a noite, 10,8 metros. Com a finalização dos trabalhos, navios com calado de até 12,5 metros poderão voltar a navegar pelo Canal da Galheta.


Desde 2009 não é realizada uma dragagem de manutenção do Canal da Galheta. No início deste ano, por determinação do governador Beto Richa, foi realizada a dragagem emergencial nos berços de atracação, trabalho que não era feito há seis anos.

A dragagem de manutenção deverá custar em torno de R$ 25 milhões e será paga com recursos próprios da Appa. Deverão ser retirados das áreas críticas ao longo do Canal cerca de 2,5 milhões de metros cúbicos de sedimentos. A área de despejo ficará a 22 quilômetros do local dragado.

6 Comentários

  1. BAGRINHO do LITORAL Responder

    Mais uma noticia positiva do Governo Beto Richa e da nova administração do porto.
    Esse governo nomeou para superintendente um parnanguara,portuário de carreira e que conhece muito do ramo portuário.
    Bem diferente dos governos anteriores que traziam para cargos no porto,pessoas despreparadas.
    PARABÉNS BETO RICHA e AIRTON MARON!

  2. -É de suma importância esta autorização do Ibama para aprofundar o Canal da Galheta através de dragagem do leito oceânico, pois possibilitará o atracamento de maiores navios no Porto de Paranaguá e com isto aumentará também as exportações de várias mercadorias, colocando o Paraná entre os portos líderes em importações e exportações.
    -Mas devemos ter prudência nas operações de dragagem, pois poderá afetar a estrutura da Ilha do Mel ocasionando erosões.

  3. Ei só uma perguntinha… Como vão fazer a dragagem sem licitar a batimetria antes (análise da quantidade a ser dragada). Vão deixar a própria empresa de dragagem arbitrar quanto a gastou, e novamente, pagar mais do que o devido ? Lá vem cambalacho…

  4. O que Requião não fez em 8 anos, Beto Richa já fez em 10 meses de nova administração do Porto. As coisas começam a acontecer no Paraná.

  5. Hoje uma das belezas naturais do Paraná Ilha do Mel está definhando com auto crescimento generalizado,e ganância dos Politícos,já não basta a destruição que a última tragagem deixou nas da Ilha do Mel e mais com um número maior de návios parado pra espera de entrada no Porto,poluição nas praias de fora da ilha,lixos internacionais encostando na parte de fora.
    Chega de Mentiras?

Comente