Uncategorized

Beto recebe comitiva alemã interessada em investir no Paraná


Foto: Orlando kissner / AENotícias

Da Aen

O governador Beto Richa recebeu nesta quarta-feira (16) uma comitiva alemã, liderada pelo governador de Baden-Württemberg, Winfried Kretschmann, para discutir parcerias econômicas e sociais entre os estados. A intenção dos alemães é ampliar as relações nas áreas comerciais, de ciência, tecnologia e meio ambiente. “É muito apropriada a visita desse grupo em um momento que o Paraná abre as portas para os negócios e as parcerias”, disse Beto Richa.

Richa disse que a visita foi mais uma oportunidade de aproximação com o governo alemão. Ele apresentou à comitiva as vantagens territoriais e de infraestrutura do Paraná e destacou que o governo estadual busca parcerias sólidas para desenvolver a economia, gerando riquezas e empregos. “Sabemos das qualidades das empresas alemãs e queremos que elas venham para o Paraná”, disse o governador. Richa lembrou que o Estado tem uma grande comunidade alemã que foi fundamental para o crescimento do Paraná.

Kretschmann disse que o estado alemão realiza diversos trabalhos conjuntos com o Paraná, principalmente com a Federação das Indústrias e Senai, na área de mestrado em meio ambiente. Ele destacou o desenvolvimento do Paraná e disse que o Estado tem muito conhecimento para compartilhar. “O Brasil tem um grande papel na economia mundial. Queremos aprofundar as relações para realizarmos mais ações em conjunto e investimentos no Paraná”, disse o governador alemão. Kretschmann agradeceu a cordialidade do atendimento do governador Beto Richa.

Fazem parte ainda da comitiva alemã o vice-governador e ministro de Finanças, Nils Schmidt; a ministra de Ciência, Tecnologia e Artes, Theresia Bauer; o presidente das Câmaras de Comércio e Indústria, Peter Kulitz; o cônsul-geral da Alemanha em São Paulo, Mathias Von Kummer; o cônsul honorário da Alemanha em Curitiba, Andreas Hoffrichter; e dois membros da Assembleia Legislativa de Baden-Württemberg, Hans Ulrich e Helmut Rueck.

10 Comentários

  1. Sr Governador vai tentar vender o que?
    estradas, copel ,senepar colegio estadual, universidades; estamos de OLHO

  2. jose alberto de toledo Responder

    Senhor Governador BETO RICHA
    Não esqueça de Guarapuava, temos uma das maiores cooperativas do Paraná.
    Maior Maltaria da America.
    Tudo pelo esfôrço e o trabalho dos EMIGRANTES SUÁBIOS DO DANÚBIO

  3. Fabio Forselini Responder

    Tacada de mestre do governador Beto Richa esta aproximação com os alemães…o Paraná tem tudo para se tornar uma potência na América Latina e no Brasil… é por aí o caminho.

    Fábio Forselini
    Advogado de Empresas em Pato Branco

  4. Caramba!
    Que maravilha isso para o nosso estado, é isso aí governador, mostre para o seu antecessor como é que se faz UM NOVO PARANÁ.

    Diga alguma coisa, OSSOBUCO.

  5. VLemainski -Cascavel-PR Responder

    Que exemplo de país sério é a Alemanha… Passou por duas guerras mundiais (erraram), recuperou-se, acolheu a Alemanha Oriental destruída e a reconstruiu, ajuda meio mundo… Acontece que lá se leva as coisas a sério. Ninguém se aposenta aos 40 anos, as pessoas acreditam e ajudam o governo, preocupam-se com o futuro dos filhos… etc.. Já aqui, temos um Lulla aconselhando ministros mentirosos a reagirem diante das denúncias da imprensa e não renunciar… Quanta diferença…
    Sejam bem vindos os alemães…

  6. Parreiras Rodrigues Responder

    Um governo – escudado na medieval campanha anti capital vadio, espanta investimentos estrangeiros.

    Outro, adota o modelo moderno e desenvolvimentista.

    Dai, os estatizantes se coçam todos.

    Ora, só políticas retrógradas e mamuteanas sugerem que o governo deva vender água, luz, petróleo.

  7. sergio silvestre Responder

    Mirian waleska!Para de tomar alucinógeno,santo daime é perigoso para pessoas aflitas,emerja deste encantamento e volte a realidade.

  8. SERGIO SILVESTRE,

    Aqui na minha cidade havia muito PT igual á voce, daqueles que não conseguiam aceitar o desnvolvimento do município vindo através do trabalho do novo prefeito PSDB, sabe o que aconteceu com todos eles? renderam-se á competência, á vontade de trabalhar pelo povo que o novo governo insiste em focar sua administração, então, como brasas ao receber um balde de água fria, APAGARAM-SE. Hoje a gente nem sabe como é que a Dilma se elegeu, porque não se acha mais ninguém que assuma que votou nela. Isso se chama vergonha.
    Eu tenho o maiór orgulho de todos os votos que dei ao PSDB, e trabalho todos os dias pra ajudar a construir um município melhor para todos, inclusive para os PT’s envergonhados.
    Acho que quem está sob efeito do Santo Daime é voce meu amigo. Estamos aceitando filiações, procure o PSDB da sua cidade, e vamos juntos construir um novo Paraná!

Comente