Uncategorized

Mesmo com Lupi na corda bamba, aliança PT e PDT deve ser mantida

Da Banda B

O presidente regional do PT, Ênio Verri, disse que o partido não deve alterar sua política de aliança no estado, mesmo em caso de queda do ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT). Questionado sobre a situação em Curitiba, cuja aproximação com Gustavo Fruet (PDT) corre a passos largos, Verri descartou algum rompimento. “Nós fazemos política em cima de programas, propostas, não em pessoas. Ainda não posso falar nada sobre o futuro do ministro, mas caso ele saia o partido deve indicar outra pessoa, continuaremos com a base aliada no governo federal. Não acredito que isso altere aqui”, disse.

1 Comentário

Comente